Cotidiano

Por que você não deve ir ao supermercado com fome

Atualizado em: 15/05/2015

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Queijos, salgadinhos, chocolates, iogurtes. Quando você está com fome e vai ao supermercado, dá vontade de levar quase tudo que está nas prateleiras, não é mesmo?

Finalmente a ciência estudou o quanto essa fome pode influenciar na hora das compras. Para isso, os pesquisadores Aner Tal e Brian Wansink, da Universidade Cornell, em Ithaca, Nova York (EUA), realizaram um estudo de laboratório com 68 pessoas.

Os cientistas pediram para essas pessoas ficarem 5 horas sem comer nada antes do encontro. Chegando lá, metade do grupo recebeu bolachas, que poderiam ser consumidas à vontade, enquanto a outra metade continuou com o estômago vazio.

Então, todos tiveram que fazer compras online sem se preocupar com preço ou quantidade. O resultado, você deve imaginar, não é mesmo? O grupo que comeu as bolachas antes do processo comprou, em média, 8 produtos de baixo valor calórico e 4 de alto teor calórico. Os que estavam a mais tempo sem comer também compraram 8 produtos de baixo valor calórico, mas aumentaram para 6 o número de alimentos cheios de calorias.

Para checar se isso realmente acontece no dia a dia, Brian Wansink levou um grupo de 82 pessoas a um supermercado em horários diferentes: entre 13h e 16h (considerado um período menos propenso a fome, por ser após o almoço), e entre 16h e 19h (horário em que as pessoas começam a sentir mais fome, próximo da hora do jantar).

Os cientistas perceberam, então, que as compras mais saudáveis (nesse caso de alimentos de menor teor calórico) foram realizadas pelo grupo que foi ao supermercado mais cedo (foram 11 produtos contra 8 do outro grupo).

Para os pesquisadores, esse comportamento é resultado de um processo evolutivo: as pessoas tendem a procurar alimentos mais calóricos após um período de jejum. Se estamos precisando de energia, não vamos comprar alface.

Ele recomenda que, antes de ir às compras, as pessoas façam um lanche, nem que seja apenas uma fruta, ou até mesmo que masquem chicletes enquanto estão andando pelos corredores, como uma maneira de mascarar a fome.

A ABESO (Associação Brasileira para Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica) tem algumas dicas para ajudar você a fazer escolhas saudáveis e economizar:

1. Não faça compras quando não estiver com fome.
2. Faça uma lista! Com um planejamento das compras será mais fácil evitar os supérfluos.
3. Programe suas idas ao supermercado! Com compras mensais ou semanais evita-se idas desnecessárias e portanto, compras desnecessárias.
4. Varie sua alimentação! Sempre encontramos produtos novos! Modifique sua rotina incluindo novos alimentos saudáveis.
5. Leia os rótulos! Fique atento aos produtos dietéticos porque nem sempre eles serão as melhores opções. Verifique e compare o valor calórico e o teor de gorduras.

Fonte: Da Redação com Crescer (morgueFile free photo)

Cotidiano