Cotidiano

Pelos encravados: ensinamentos de dermatologista para acabar com eles

Atualizado em: 12/06/2015

como-tirar-pelo-encravado-1

Não importa se a depilação é feita com cera, gilete ou pinça, surgem pelos encravados na virilha, axilas, pernas e outras partes do corpo. Sabemos como é. Por isso, perguntamos à dermatologista Angélica Pimenta, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, qual a forma de mandar de uma vez por todas essas bolinhas para o espaço. Confira as dicas a seguir.

Como evitar pelos encravados

Cera para depilação: a melhor opção

Angélica Pimenta conta que a cera com mel e própolis pode ser uma ótima solução. “A combinação desses ingredientes tem ação hidratante, anti-inflamatória e secativa”, explica a dermatologista. Ou seja, enquanto a cera é aplicada para remover os pelos, ela combate a inflamação e a infecção do folículo piloso, justamente fatores que causam o encravamento do pelo.

Melhores cremes

Outra recomendação da dermatologista é a aplicação de cremes à base de ureia ou ácido glicólico, sempre com recomendação médica. “Essas substâncias afinam a pele, facilitando o nascimento dos pelos através dos poros”, explica. Ácidos retinoico e salicílico também podem ajudar a tratar o problema.

Esfoliação

Outra estratégia para diminuir o encravamento do pelo é fazer uma esfoliação de uma a duas vezes por semana. O método é outra possibilidade para afinar a pele e facilitar que os pelos despontem através dos poros. Mas atenção, faça com pelo menos dois dias de antecedência em relação à depilação, caso contrário a pele pode ficar muito sensível e acabar machucada com o puxão da cera.

Depilação a laser e fotodepilação

Para quem não pode nem sonhar em ter um pelo encravado se desenvolvendo na virilha ou em outra dessas dobrinhas em que eles costumam aparecer, o jeito é apostar na depilação a laser ou na fotodepilação. A drástica redução dos pelos decorrente desses métodos diminui também o encravamento. Outras alternativas são abandonar a depilação e se reconciliar com a própria pelugem ou apostar em clareamentos.

Fonte: Da Redação com Bolsa de Mulher

Cotidiano