Cotidiano

Fiz escova progressiva, posso descolorir o cabelo?

Atualizado em: 09/06/2015

fazer-luzes-e-escova_progressiva-9

Você resolveu fazer uma transformação e quer sair do salão com os cabelos loiros e lisos? Pois saiba que fazer progressiva e luzes no mesmo dia não é uma ideia tão boa assim. Entenda o porquê a seguir

Luzes ou escova progressiva: o que fazer primeiro?

A dermatologista Natalia Cymrot explica que é preciso que haja um intervalo de duas a quatro semanas entre os dois procedimentos. Esse tempo é necessário para que o cabelo se recupere de um dano antes de ser submetido a outro.

Antigamente, o indicado era que as luzes fossem feitas antes da escova progressiva, uma vez que a descoloração abria as cutículas e o produto então usado para alisar, o formal, formava um filme impermeável sobre os fios. Com a proibição da venda do formol, não existe mais essa relação e a sequência deve ser contrária.

Isso porque, segundo a dermatologista, a escova progressiva é a mais agressiva das duas químicas e o ideal é fazê-la com os cabelos naturais, não descoloridos, ou seja, mais resistentes.

Produtos para fazer luzes e progressiva

Também é importante que as duas químicas sejam compatíveis. Os alisantes à base de guanidina, por exemplo, não são compatíveis com produtos que contenham amônia.  “Além disso, deve-se ter cuidado para fazer sempre o mesmo tipo de escova progressiva. Ao experimentar outra versão, você estará aumentando o risco de quebra dos fios”.

Fonte: Da Redação com Bolsa de Mulher

Cotidiano