Cotidiano

6 acidentes domésticos comuns com crianças e o que fazer em cada situação

Atualizado em: 08/04/2015

acidentes-com-criancas-2

Quem tem criança pequena em casa provavelmente já passou por alguns sustos com acidentes domésticos. No entanto, na maioria das vezes não há motivo para grandes preocupações e você pode resolver a situação sem problemas. Veja quais são alguns dos acidentes mais comuns e o que fazer em cada um deles.

 

Meu filho furou o pé

A criança pisou em algum objeto pontiagudo que perfurou seu pé? Se o ferimento não for profundo e nenhum pedaço do objeto tiver ficado preso dentro da pele, não há motivo para grande preocupação. Lave a área com água morna e sabão neutro, passe uma pomada antisséptica e faça um curativo. Nos próximos dias observe a cicatrização – se for muito lenta ou houver sinal de infecção, procure um médico.

Nariz sangrando

Sangramento no nariz sem causa aparente pode ser originadas pelo clima seco, alergias, resfriado, entre outros problemas. Em primeiro momento é importante acalmar a criança e fazer com que ela fique sentada com o tronco erado. Pressione o nariz com firmeza durante alguns minutos e observe. Se o sangramento continuar, procure um pronto-socorro.

Criança engasgada

Quando a criança engasgaverifique, primeiramente, se ela está respirando normalmente. Se estiver, de alguns tapas leves nas costas do seu filho para que esse tussa e elimine o que foi engolido. Se houver sinais de sufocamento, procure atendimento médico imediatamente.

Meu filho engoliu uma peça de brinquedo

Se a respiração estiver normal e ele vomitar ou não sentir dor, é provável que não haja nenhum problema – leve-o para fazer um raio-x apenas para que um médico certifique você de que não há perigo. Por outro lado, se a criança começar a tossir, ter dificuldade para respirar ou vomitar, procure um pronto-socorro imediatamente.

Meu filho levou choque na tomada

A criança colocou um objeto de metal na tomada e levou um choque? O primeiro passo é verificar se ela está conseguindo respirar e conversar normalmente. Se notar que seu filho ficou com os reflexos lentos, leve-o ao médico o mais rápido possível para verificar se houve alguma perturbação no sistema nervoso. Em caso de queimadura intensa, com vermelhidão ou bolhas, procure atendimento no pronto-socorro.

Fonte: Bolsa de Mulher

Cotidiano