Cotidiano

14 coisas que sua mãe faz que te envergonham, mas você vai fazer igual

Atualizado em: 04/05/2015

14-coisas-que-sua-mae-faz-que-te-envergonham14

Dizem que “mães são todas iguais”, porque, muitas vezes, elas acabam agindo e falando de forma muito parecida em algumas situações. E, sem a menor intenção por parte delas, essas atitudes acabam constrangendo os filhos. Se a sua mãe já tentou te acompanhar em um lugar onde você queria ir sozinha, ou parou para falar da sua vida para alguém que você não queria que soubesse nem que você existe, você sabe do que estamos falando! Mas, para sua surpresa, nós vamos te contar um segredinho: você vai fazer tudo i-gual-zinho quando for mãe. Quer apostar?

 

Dizer: “Lembra do fulano? Te pegou no colo!”: Certamente você não se lembra do fulano, porque era muito bebê e não consegue reconhecê-lo. Mesmo assim, sua mãe tenta te fazer identificar a pessoa, causando uma boa saia justa. No entanto, é possível que você repita essa mesma ação quando for mãe.

Gritar seu nome na porta da escola: Localizar o filho na porta da escola na hora de buscá-lo parece ser uma tarefa impossível para as mães, mas elas tem a solução: gritam seu nome em alto e bom som. Resultado: você fica morrendo de vergonha. Porém, é muito provável que você faça o mesmo.

Te deixar dentro dos lugares: As mães sempre prezam pela segurança dos filhos e gostam de acompanhá-los até que fiquem seguros. Mas algumas acabam conduzindo-os até o local de algum evento. Embora isso cause certo constrangimento, você certamente repetirá este hábito quando tiver filhos.

Buzinar e acenar com empolgação: Principalmente na fase adolescente, os filhos passam a se envergonhar com atitudes simples das mães, como quando ela aperta a buzina do carro para dar aquele tchauzinho empolgado. Isso é vergonhoso, mas você pode querer acenar desejando um bom dia para o seu filho.

Entrar no consultório médico com você: Sua mãe acredita que precisa te acompanhar em tudo, até entrar no consultório médico com você. Isso é embaraçoso, pois você pode querer esclarecer assuntos com o médico em particular. No entanto, a preocupação quando for a sua vez pode te incentivar a fazer o mesmo.

Dar “sermão” na frente dos seus amigos: Às vezes seus amigos estão com você e mesmo assim sua mãe não economiza no “sermão”. Você quer se esconder de qualquer jeito dessa vergonha, mas quando for mãe vai entender que na maioria dos casos a bronca não pode esperar.

Contar da sua vida para desconhecidos: Você está em uma loja com sua mãe e ela comenta com a vendedora por que e onde você usará a roupa que está levando. Você fica envergonhada com a exposição, certo? Mas saiba que sua mãe faz isso porque sente orgulho dos seus feitos. Logo, você pode repetir isso.

Revelar seus micos para os outros: Sua mãe acha muito engraçado aquele dia em que você escorregou e caiu no chão naquele churrasco de família e resolve contar para os seus amigos. A vergonha é enorme, mas você também pode querer divertir os amigos dos seus filhos com histórias, sabia?

Te chamar por apelidos carinhosos em público: Você está em um aniversário e sua mãe vai te buscar: “Pequerrucha, cheguei!”. Você quer sair dali correndo. Calma, ela não fez por mal, ela só quer continuar te tratando com carinho, independente do lugar onde se está. Ou seja, você pode refazer essa cena.

Gritar ou anunciar seu nome quando te perde em lojas: Você se afasta da sua mãe por alguns minutos e vocês se desencontram no meio da loja. Ela sai gritando o seu nome ou pede para anunciarem nos alto-falantes. Mico, né? Mas você, assim como ela, não vai querer perder seu (sua) filho (a).

Comentar com a família que você está paquerando alguém: Naquele jantar em família sua mãe resolve revelar a todos que você está saindo com alguém. Embora você tenha pedido segredo, ela só está feliz na possibilidade de ganhar um genro. Pode acontecer o mesmo quando você for mãe!

Mandar mensagens constrangedoras nas redes sociais: “Filha, você esqueceu suas roupas jogadas na sala. Guarde assim que chegar”. Só de pensar nesse fato já te dá vergonha. Mas a sua mãe certamente não viu maldade em deixar um lembretinho na sua timeline e você pode pensar igual no futuro.

Revelar para a família que você menstruou pela primeira vez: Por mais que você implore, sua mãe não consegue esconder da família o fato de você ter “virado mocinha”. Porém, ela só quer dividir com todos a alegria de te ver crescendo. É possível que você também fique feliz na mesma situação, futuramente.

Tentar te arrumar uma paquera: Sua mãe tem uma amiga que tem um filho da mesma idade que você e faz uma campanha enorme para vocês saírem juntos. Você morre de vergonha da tentativa de cupido dela, mas ela só quer te arrumar uma companhia. Vai que você tem a mesma intenção quando for mãe?

Fonte: Da Redação com Bolsa de Mulher
Cotidiano