Comportamento

5 dicas para ajudar os filhos com a volta às aulas

Atualizado em: 25/01/2016

Aulas

As férias são comprovadamente um momento necessário para que as crianças tenham um descanso físico e mental e possam voltar renovadas para assimilar os novos conteúdos que estão por vir no novo ano. Mas, com o fim do mês de janeiro e a proximidade da volta às aulas, é preciso se readaptar à rotina e sair, aos poucos, do clima de férias.

O retorno para a escola deixa as crianças nervosas e chateadas. Ao mesmo tempo em que ficam na expectativa de rever antigos amigos e conhecer novos colegas, elas também sentem muito o fim do período sem obrigações. Cabe aos pais conversar com os filhos para garantir que o retorno seja mais prazeroso. A coordenadora pedagógica da escola infantil Prime’s Cool, Mara Nogueira, dá algumas dicas para tornar esse momento mais agradável.

1 – Retomar a rotina gradualmente

Muitas crianças sentem que as aulas interrompem a diversão muito bruscamente, o que pode levá-las a associar a escola como uma atividade ruim. O ideal é ir diminuindo a programação de férias aos poucos, como tempo na frente da TV, horário de dormir e o tempo para brincar. “Os pais devem diminuir o período destinado ao lazer e, ao mesmo tempo, retomar a antiga rotina a partir da reorganização de horários e atividades”, explica Mara Nogueira.

2 – Despertar a vontade de descobrir o que está por vir

Um período considerável longe das escola pode fazer com que a criança esqueça tudo o que há de bom nesse local. “É importante a participação na agenda escolar. Assim, os pais podem ir conversando com os filhos e lembrando o que ele vai encontrar na escola e sobre as novas programações. Isso funciona como um incentivo”, recomenda a coordenadora pedagógica.

3 – Reorganizar o material escolar

Um dos grandes estímulos para as crianças são as novidades no material escolar. Algumas vezes é necessário comprar materiais novos, mas nem sempre isso é necessário para chamar a atenção dos filhos. “O ideal é apresentar alguma novidade. Encapar cadernos com novos estampas, organizar os lápis dentro do estojo, arrumar a mochila junto com a criança… Tudo isso provoca uma motivação e vontade de ir à escola”, aconselha Mara.

4 – Atividades extracurriculares

Para facilitar ainda mais a criança a entender que as férias acabaram e que tudo voltará a ser como no primeiro semestre, é importante retomar também as atividades extracurriculares. “De maneira correta, muitos pais também suspendem as aulas extra classe, como natação, balé, judô, vôlei, então a volta a essas aulas são um suporte a mais para a criança reencontrar sua rotina”, lembra a coordenadora.

5 – Adaptação à nova escola

Para o caso de crianças que vão mudar de escola, o cuidado deve ser ainda maior. Além de seguir todos os passos de retorno às aulas, os pais devem se preocupar com o período de adaptação. “Levar a criança antes para conhecer o local e explicar as vantagens da nova escola desperta a curiosidade. Se necessário, os pais também podem acompanhar a criança nos primeiros dias para tornar o momento menos traumático”, afirma Mara.

Fonte: assessoria

Comportamento