Dani Rabelo

Dani Rabelo

Jornalista do WSCOM Online, sócia e editora-chefe do Portal Mulher de Fato, cantora nas horas vagas, tagarela, observadora, carioca da gema e pessoense de coração.

Para a minha alegria: Calça jeans flare

dani_novo22

Acho que assim como a maioria das brasileiras, apesar do calorão que faz em várias regiões do nosso país, adoro usar calça jeans, e me dou o atrevimento de experimentar as várias modelagens que o mercado oferece, mas tenho uma preferida: Flare na linguagem atual, ou “boca de sino” para os mais experientes. =D

Voltando com grande destaque, após um tempo sumida nas prateleiras de lojas e nos guarda-roupas de algumas mulheres, a Flare é uma releitura da “boca de sino”, calça clássica da década de 70. A novidade é que ela surge com a “boca” um pouco menor, modelagem mais sequinha e um cós um pouco mais alto. Sim, meninas e meninos, ela é ajustada até a altura do joelho, e vai abrindo a largura das pernas na panturrilha.

Sou fã desse tipo de corte, que assim como a calça reta, para mim, traz uma elegância que a cigarette e a skinning não possuem. Um coringa, que pode ser usado de dia, para o trabalho, ou para as badalações ao cair do sol.

Apesar de ter falado especificamente da calça jeans, a modelagem flare está sendo usada em vários tecidos, que passam pelo Oxford, linho, lurex, paetês…

Tenho umas três peças que adquiri tempos atrás (me recuso falar o ano, ok?). Sempre ficava em busca de calças novas, e estava complicado achar modelos que me agradassem. Em um mundo de cigarette e a skinning, fico feliz que a flare tenha ressurgido, e espero que para ficar.

Sei que esse modelo tende a passar a impressão que o corpo está “achatado”, por isso na minha combinação é obrigatório o uso de um bom salto alto. Essa sensação de diminuição no tamanho está diretamente relacionada com a largura da boca da calça, quanto mais larga, menor você parece.

No caso das mulheres “gostosas”, a sugestão é usar um look monocromático, além de blusas com decotes atraentes, pois você irá tirar o foco das pessoas da região do quadril e barriga. Se você é magrinha, bolsos traseiros podem criar a ilusão de um bumbum maior.

Para quem não tem problemas com a altura, a flare também pode ser usada com sapatos baixos (sandálias, sapatilhas…), mas cuidado para não ficar arrastando a barra no chão. Barra de calça suja e desfiada… ninguém merece. Ela deve ficar rente ao chão, e isso também para quem vai usá-las com salto.

Bom retorno aos anos 70 para vocês! ;D

Mais postagens de Dani Rabelo