Verônica Lisboa

Verônica Lisboa

Economista por formação, pós-graduada em marketing de varejo e serviços, sócia da Nação Eco. Apaixonada por dois homens: Sérgio e João (marido e filho).

Livros que merecem nossa atenção

veronica_lisboa234x132

Gente, é simplesmente maravilhoso quando conseguimos encontrar bons títulos.

Estou encantada com três livros que estou lendo, quase que ao mesmo tempo. São eles: Vida de Profissional Freelancer, de Marianne Cantwell; Mulheres Poderosas Têm Ambição, de Heather McGregor (Sra. Moneypenny); e A Aventura da Adoção, de Paula Abreu. São três livros maravilhosos, cada um deles abordando temas diferentes, extremamente relevantes.

No Vida de Profissional Freelancer – algumas descobertas são fascinantes, como o fato de que somos treinados, desde crianças para conseguirmos ser bons em tudo a que nos propomos a fazer. Exemplo: Quando criança tira notas boas em algumas disciplinas e notas regulares ou baixas em outras, logo se recorre a um reforço para aquelas disciplinas em que a nota não foi igual ou superior a um oito. Imagina se o investimento fosse o contrário: se sou bom em matemática vamos reforçar nesse talento. Nesse livro encontra-se vários exemplos de pessoas que buscaram e conseguiram se dar muito bem apostando naquilo que elas realmente acreditavam. Outro ponto que me chamou muito a atenção, é que todos nós temos um crítico interno, um dominador que nos dizem coisas que jamais diríamos a um amigo.

Já no caso da Sra. Moneypenny, no seu Mulheres Poderosas Têm Ambição – encontra-se dicas preciosas de como nós mulheres devemos investir na carreira profissional dos nossos sonhos, independentemente da idade, mulheres de 15 ou + de 60 podem e devem apostar. Não se pode ter tudo, mas pode se fazer de tudo para se alcançar os objetivos, utilizando conhecimentos e conhecidos. Numa linguagem franca e divertida a Sra. Moneypenny nos ensina a dizer não na hora certa.

A Aventura da Adoção, é sem dúvida, uma leitura obrigatória para quem deseja adotar um filho. A autora Paula Abreu mostra, claramente, que não se deve adotar um filho: se você pensa em salvar seu casamento, nem para pagar promessa, nem muito menos para dar satisfação à família e amigos. Paula e o marido adotaram uma criança sem sequer contar com a impossibilidade de ter um filho biológico.
No livro todas as nuances que envolvem o tema ‘adoção’ são abordadas como: o desenrolar dos processos, as dificuldades em se conseguir informações sobre reconhecimento legal, os profissionais envolvidos, os preconceitos, as reações de familiares… É um guia maravilhoso para quem deseja aumentar a família.

Fica a deixa de leitura mais do que proveitosa para mulheres de fato.
 

Mais postagens de Verônica Lisboa