Denise Lemos

Denise Lemos

Diretora Executiva do Portal Mulher de Fato, CEO Up Branding Marketing Digital, CEO Startup 28Dias.

João Pessoa e seus muitos atrativos turísticos

georgina_luna234

O Extremo Oriental da Américas está de braços abertos para acolher você! Quem chega a João Pessoa, se encanta com a cidade, de muitas praças, muito verde e ar puro. Tem uma cara de interior, mas com diferencial, um extenso litoral de 24 km de praias urbanas, que ainda preservam sua vegetação nativa e possui água morninha e cristalina. Aqui o turista faz sua opção durante o dia: tem praia boa para surf, kite surf, windesurf, e, se você não quer praticar esporte, é só chegar às praias de Manaíra, Tambaú e Cabo Branco, bom para tomar um sol e relaxar com um bom banho de mar, ou conhecer Picãozinho, que são piscinas naturais que se formam quando a maré está baixa, onde é possível mergulhar com máscaras e ficar em contato com os corais, peixes e outras espécies. O translado é realizado por diversas embarcações na costa.

E claro, não se pode visitar João Pessoa não conhecer a Ponta do Seixas, ali é o onde o sol nasce primeiro e onde se encontra a Estação Cabo Branco obra assinada pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Aproveitem também para dar uma esticadinha e conhecer o Litoral Sul, é recomendado pegar um buge e conhecer mais de sete praias, com destaque para Tambaba, a praia de naturismo do Nordeste, e a de Coquerinho, conhecida como uma das mais bonitas do país. Mas para quem está a fim de tomar uma cervejinha gelada, caipirinha, água de coco, comer um caranguejo, camarão ou peixe é só chegar à praia do Bessa, ali, além de boa comida, é um ponto de encontro de jovens e adultos, pois lá estão instalados diversos quiosques na orla. À noite o agito fica por conta da feirinha de Tambaú, com restaurantes, barzinhos com muito forró, rock, pop e boate.

Mas João Pessoa não é só Sol e Mar, ela é a terceira cidade mais antiga do Brasil, fundada em 05 de Agosto de 1585, as margens do Rio Sanhauá. É no Centro Histórico da cidade que o visitante volta ao passado caminhando pelas ladeiras compostas por casarios em art – noveau da Praça Antenor Navarro. Tem também o hotel O Globo e sua encantadora vista para o pôr-do-sol, e o Centro Cultural São Francisco, construído pelos portugueses, sendo hoje um dos mais belos complexos barrocos do país. O Parque Arruda Câmara, mais conhecido como a Bica, é bom para passear com as crianças, apreciar muito verde, trilhas ecológicas, e ver os animais que ali se encontram. Finalizando esse circuito, é hora tirar uma bela foto no cartão postal da cidade, o parque Solón de Lucena ou Lagoa é um lugar formado por um grande espelho d’àgua circundado por palmeiras imperiais, pau-brasil, acácias e ipês.

E depois de gastar tanta energia com praia e caminhadas culturais, que tal reenergizar o corpo e alma? È só alugar um carro e percorrer o interior da Paraíba e chegar ao município de Cabaceiras muito conhecido pela Festa do Bode Rei, lá é também chamada de “Roliúde Nordestina”, local onde já foram gravados mais de 18 filmes brasileiros, dos quais se destaca o “Auto da Compadecida”. A região encanta pela linda paisagem composta por mais de 1 Km quadrado de rochas nos mais diversos desenhos, ela é apontada como mística por já ter funcionado como local sagrado para povos indígenas pré-históricos. A viagem para o Lajedo de Pai Mateus dura cerca de 3 horas.

E esta é a Paraíba: rica em cultura, mistérios e praias belíssimas!

Fotos: Acervo PMJP

Mais postagens de Denise Lemos