Cinema

7 Minutos depois da Meia-Noite, de Juan Antonio Bayona

Atualizado em: 07/01/2017

7 Minutos depois da Meia-Noite

Em cartaz o filme 7 Minutos depois da Meia-Noite, de Juan Antonio Bayona. O diretor de O Impossível, transforma o tocante e emotivo livro de Patrick Ness em um filme memorável sobre a infância e a superação das adversidades. Com super elenco e momentos inesquecíveis.

Enredo:
Levando uma existência de rejeição, o garoto Connor O’Malley, 13, sente-se invisível. A mãe está com câncer em fase terminal, o pai é um ausente, a avó uma megera e, além disso, sofre bullying na escola. Mas, ele tem um amigo: todas as noites encontra-se com um monstro-árvore, o qual lhe conta histórias de amor e superação.

O filme e o diretor:
Fantasia, adaptação do premiado romance de Patrick Ness (no Brasil pela Editora Presença), traduzido para 37 línguas. Terceiro trabalho de Bayona, de O ORFANATO (2007) e O IMPOSSÍVEL (2014) e cotado a indicações do cinema independente e do Oscar.

Ficha técnica: A Monsters Call. EUA-Espanha, 2016. Direção: Juan Antonio Bayona. Roteiro: Patrick Ness, baseado em seu romance. Elenco: Lewis McDougall, SigourneyWeaver, Liam Neeson, Felicity Jones e Toby Kebell. Drama/fantasia. 108 minutos. 14 anos. Diamond Films.

Confira o trailer:

 

Depoimentos:

Uma mistura fascinante de realidade (…), naturalismo e fantasia maravilhosamente realizada, 7 Minutos depois da Meia-Noite é um filme perfeito para a família. (Rob Daniel, eletricshadows/EUA)

 

7 Minutos depois da Meia-Noite é um filme excelente e imperdível. (Pal Heath, The Hollywoods News/EUA)

Liam Neeson (da série Busca Implacável) e Sigourney Weaver (Alien: o 8º Passageiro), integrantes do elenco principal, contam suas percepções sobre a obra.

o diretor Juan Antonio Bayona e o escritor Patrick Ness (autor do best-seller homônimo) dão seus depoimentos sobre o trabalho realizado,

 

O filme está em cartaz em:

CINEMA DE ARTE/CINÉPOLIS MANAIRA SHOPPING – SALA 1
DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA – 19h30
SÁBADOS E DOMINGOS – 14h

 

#ficaadica
Fonte: Assessoria

 

 

Cinema