Ciência e Tecnologia

6 dicas para não estourar o plano de dados do celular

Atualizado em: 11/04/2015

mulher-navegando-celular-plano-dados

Você já deve ter recebido a mensagem quando está próxima do limite do uso da Internet, não é mesmo? Confira as dicas dos especialistas para não ter essa dor de cabeça

 

Todo mundo adora trocar mensagens, postar nas redes sociais e se divertir com joguinhos na fila do supermercado. Mas sabia que as operadoras de celular estão cortando o acesso à internet de quem excede o plano de dados contratado? Agora, se ele estourar, o consumidor precisa comprar um pacote adicional para continuar navegando. A Vivo, a Tim, a Claro e a Oi já estão fazendo isso com quem tem plano pré-pago. Os usuá­rios do pós-pago podem ser os próximos atingidos. Antes, quando você ultrapassava o limite, as empresas apenas reduziam a velocidade de navegação. Conversamos com Eduardo Neger, presidente da Associação Brasileira de Internet (Abranet), e ele nos contou o que dá para fazer para diminuir o consumo e ficar livre dos cortes.

No rastro do wi-fi

Prefira usar sempre a rede wi-fi, que permite a conexão sem fio. Assim, nada será descontado do seu plano. Em casa e no trabalho, configure o celular para acessar a internet desse jeito. Na maioria dos aparelhos, é só cadastrar a rede uma vez, e pronto, sempre que você estiver no local o celular vai conectar no wi-fi. Quando for visitar um amigo, não tenha vergonha e peça a senha. Muitos estabelecimentos, como restaurantes ou salões de cabeleireiro, também liberam o acesso. Só um alerta nesse último caso: evite entrar na conta do banco ou fazer compras on-line. Quando você usa uma rede wi-fi que não exige senha, qualquer pessoa pode “roubar” seus dados. Já para ver e-mails, ler notícias e conversar, está liberado!

Isso gasta demais!

Se você precisar se conectar, mas está na rua ou não pode usar o wi-fi, tome cuidado com as atividades que consomem muito a sua franquia. Ouvir música em streaming (diretamente da internet, sem fazer o download), assistir a filmes e jogar on-line é o que mais gasta. Tudo bem usar o WhatsApp, ler e-mails e navegar nas redes sociais, sem baixar imagens pesadas.

A hora certa de atualizar

De tempos em tempos, o sistema operacional do seu celular precisa ser atualizado. Hoje, a maioria dos aparelhos emite uma notificação e você precisa aceitá-la para começar o processo. De qualquer forma, para não gastar seu plano, as atualizações devem ser feitas quando você estiver conectada a uma rede sem fio. Ah, e certifique-se de que o celular tenha, ao menos, 50% de bateria.

Só pague quando usar

Você pode estar consumindo internet com o celular dentro da bolsa, sabia? Mesmo que não esteja usando o aparelho, você gasta seus dados cada vez que chega uma notificação de mensagem, de e-mail ou de que alguém mencionou seu nome numa rede social, por exemplo. Para evitar esse gasto desnecessário, entre em cada aplicativo e desabilite a função que atualiza as informações a todo momento. Desse jeito, seu aparelho já não vai te avisar que chegou e-mail novo, você terá de entrar e ver. Mas tudo bem, né? Esse pequeno esforço vale a economia de dinheiro e de aborrecimento, não?

As empresas podem impedir o acesso?

Embora a Anatel não tenha se oposto à prática das operadoras de cortar a internet após o cliente estourar o plano, Sonia Amaro, supervisora institucional da Proteste, a considera abusiva. De acordo com ela, é ilegal que clientes que tenham contratos anteriores ao anúncio da mudança precisem adquirir um novo pacote para continuar tendo acesso à internet, uma vez que as empresas alteraram as regras. “Isso infringe o Código de Defesa do Consumidor, pois essa informação não foi dada na hora em que o cliente assinou o contrato”, explica. Sonia vê ainda outro problema: “Não é em todo lugar que encontramos wi-fi. E se quisermos acessar o GPS na rua? Não vamos poder? Parece que ninguém pensou nisso”, critica. A Justiça já notificou as operadoras para verificar se os direitos dos consumidores estão sendo respeitados.

Controle pesado

Para não ultrapassar o limite do seu plano de internet estabelecido pelas operadoras, o ideal é você acompanhar o quanto está gastando dia a dia. A maioria dos smartphones hoje já tem um medidor instalado. No caso do sistema Android, basta clicar em “Configurar” e depois em “Uso de Dados”. Nos aparelhos da Apple, com o iOS 7 ou superior, vá em “Ajustes” e depois em “Celular”. Também tem aplicativos bem completinhos. Veja só alguns:

3G Watchdog

Ele oferece uma página detalhada com gráficos de uso e tem cores (verde, laranja e vermelho) que informam quando o usuário está chegando na cota mensal. Para Android. Grátis.

NetCounter

Mostra quantos megabytes foram recebidos desde o começo do mês, da últiama semana e do dia atual. A principal vantagem é que consome pouca bateria. Para Android. Grátis.

DataMan

Tem três tipos de alarmes, que tocam quando você já consumiu 50%, 70% e 90% do seu plano. Ele ainda informa se você está usando o sinal da operadora ou a rede wi-fi. Para iOs. Grátis.

Fonte: MdeMulher

Ciência e Tecnologia