Cidadania

Prefeitura lança campanha “Faça um gol pelo fim da violência contra a Mulher”

Atualizado em: 27/05/2014

violencia

A Secretaria Extraordinária de Política para as Mulheres (SEPPM) da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) lança oficialmente, nesta terça-feira (27), às 18h, a campanha “Faça um gol pelo fim da violência contra a mulher”. A solenidade acontecerá no Estádio Leonardo Vinagre da Silveira (Graça), em João Pessoa, e contará com a presença de várias autoridades.

A campanha de caráter educativo tem o objetivo de sensibilizar torcedores e jogadores a se envolverem na campanha de enfrentamento a violência contra a mulher e co-responsabilizar a população pessoense quanto
ao seu papel no enfrentamento a esse tipo de violência.

“Queremos a partir de agora que a população possa se sensibilizar, enfrentar e denunciar a violência contra a mulher. É possível vivermos em uma sociedade mais justa e igual para todos. O futebol é uma paixão nacional e podemos nos utilizar dele para semear uma cultura de paz”, afirma a secretária das Mulheres Socorro Borges.

A SEPPM também vai utilizar a campanha para divulgar os serviços de enfrentamento à violência contra a mulher em João Pessoa, como a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 e o Centro de Referência da Mulher.

A campanha conta com a parceria dos clubes de futebol da Capital (Botafogo, Auto Esporte e CSP), que confirmaram presença na solenidade de lançamento. A campanha está presente no Estádio da Graça desde a abertura da Copa de Futebol de Seleções de Bairros, quando a secretaria Socorro Borges fez um pronunciamento antecipando o tema da campanha. Na ocasião, também foi fixado uma faixa com o slogan da campanha, que ficará presente até o fim do campeonato, previsto para agosto deste ano.

MPF E MPT aderem – A Secretaria das Mulheres ganhou a adesão de mais dois importantes parceiros na campanha “Faça um gol pelo fim da violência contra a mulher”. Depois do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), o Ministério Público Federal (MPF), através da Procuradoria da República na Paraíba, e o Ministério Público do Trabalho (MPT) também declararam apoio institucional ao evento.

Para o procurador regional dos Direitos do Cidadão do MPF, José Guilherme Ferraz da Costa, “é extremamente louvável a iniciativa da Secretaria de Mulheres de João Pessoa no sentido de deflagrar medidas educativas que possam transformar o quadro negativo de dados referentes à violência contra a mulher em nosso estado. E nesse sentido, faz parte da missão da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão dar visibilidade e fomentar esse tipo de iniciativa, que certamente gerará frutos mais
duradouros que a simples punição de infratores”.

O procurador José Guilherme Ferraz confirmou presença no evento, assim como o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho, Cláudio Gadelha, e a presidente do TJPB, desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti.

Fonte:Secom João Pessoa

Cidadania