Cidadania

“Eu Quero Paz no Trânsito”

Atualizado em: 02/04/2014

paztransito

O excesso de velocidade é um dos principais causadores de mortes no trânsito. Apesar de vias bem sinalizadas, condutores ainda insistem em dirigir de forma imprudente, desrespeitando os limites de velocidade e colocando suas vidas e a dos outros em perigo.

Com o objetivo de diminuir o número de acidentes e mortes nas ruas da Capital, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) inicia nesta quinta-feira (3) mais uma etapa da campanha ‘Eu Quero Paz no Trânsito’, abordando a importância do respeito aos limites de velocidade. Nessa campanha, o órgão também vai alertar os condutores para o funcionamento da nova fiscalização eletrônica em seis avenidas da cidade.

A campanha de conscientização tem foco especial nos condutores de veículos. Com uma linguagem direta e campanha visual intensa, a Semob buscará sensibilizá-los para dirigir dentro do limite de velocidade permitido. O alerta é muito claro: os condutores devem respeitar os limites de velocidade em todos os locais, não apenas naqueles com equipamentos de fiscalização eletrônica. “Queremos estimular as boas práticas de conduta no trânsito, sensibilizando e engajando cada condutor como um responsável fundamental para um trânsito mais seguro nas ruas da cidade”, enfatizou o superintendente adjunto, Roberto Pinto.

Abordagem – A partir das 7h desta quinta serão iniciadas ações educativas abordando e dialogando com os condutores, distribuindo panfletos e adesivando veículos no cruzamento das avenidas Edson Ramalho com Flávio Ribeiro Coutinho (Retão de Manaíra). Estarão no local equipes de educação para o trânsito da Semob, colaboradores e agentes de mobilidade urbana.

A campanha de respeito aos limites de velocidade também utilizará outras mídias para difundir o tema de extrema relevância para sociedade, como spots em rádio, comerciais em televisão e inserções nas mídias sociais.

“Não há uma solução única para o problema do excesso de velocidade, mas ações que possam, principalmente, educar o condutor a respeitar os limites de velocidade”, ressaltou o superintendente da Semob, Nilton Pereira de Andrade.

Duração da campanha – As atividades educativas de panfletagem e adesivagem contra o excesso de velocidade e alerta sobre os novos equipamentos de fiscalização serão realizadas duas vezes ao dia em um período de 15 dias, contudo, outras ações continuarão a serem executadas após esse período.

A equipe vai atuar nas seis avenidas onde foram instalados os novos controladores eletrônicos pela manhã, das 7 às 10h, e à tarde, das 13 às 16h, além de alguns dias à noite, das 16 às 19h, de acordo com cronograma elaborado pela equipe de educação.

Sinalização – Além da sinalização regulamentar de trânsito de limite de velocidade, as avenidas Cabo Branco, Ruy Carneiro, Edson Ramalho e João Câncio da Silva (Manaíra), Argemiro de Figueiredo e Fernando Luiz Henrique dos Santos (Bessa) estão recebendo banners fixados nos postes de iluminação e grandes pórticos informativos para chamar a atenção dos motoristas sobre os novos equipamentos e da velocidade permitida nestas vias, que é 50 km/h.

O adjunto Roberto Pinto explicou que o objetivo da ação é diminuir os acidentes ocorridos na cidade. “Não desejamos que nenhum veículo seja multado, por isso, sinalizamos bastante as avenidas para que os condutores tomem conhecimento da existência dos equipamentos e mantenham a velocidade dentro do limite permitido. Essa ação de reduzir a velocidade, inclusive, é uma medida esperada pela sociedade, principalmente quando ocorrem acidentes trágicos”.

semob_fiscalizacao_eletronica_foto_rafaelqueiroz_09

Fiscalização eletrônica – Além da parte educativa, um outro elemento que contribui para reduzir a velocidade são os equipamentos de fiscalização eletrônica. A campanha educativa também servirá para alertar a população sobre o funcionamento dos novos modelos de fiscalização eletrônica (lombadas eletrônicas e controladores de velocidade – similares aos existentes na BR-230).

Nessa primeira etapa, a Semob não instalou lombadas e controladores em novas vias, apenas aumentou o número de equipamentos em seis avenidas para proporcionar o monitoramento ao longo delas. Dos 28 já existentes, o órgão passou a contar com 35 equipamentos de fiscalização eletrônica, monitorando 71 faixas de rolamento.

A partir do dia 15 deste mês, os controladores eletrônicos da velocidade passarão a aplicar a multa para quem cometer excesso de velocidade. Até lá, os equipamentos estarão em funcionamento, mas de forma educativa.

Fonte:Assessoria

Cidadania