Primeiros moradores chegam ao condomínio residencial Cidade Madura

Paraíba é destaque na qualidade de desenvolvimento de software no N/NE
25 de novembro de 2014
Câncer de próstata: 68 mil casos de câncer são esperados até o final do ano
27 de novembro de 2014

Primeiros moradores chegam ao condomínio residencial Cidade Madura

Os primeiros moradores do Condomínio Residencial Cidade Madura, localizado no bairro de Cidade Verde, começam a chegar às residências recém-construídas e entregues pelo Governo do Estado. Ao todo, 40 famílias vão morar no condomínio exclusivo para idosos. A obra foi realizada pela Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (SEDH), cujo projeto é inédito no País.
O Governo entrega o primeiro condomínio residencial exclusivo para idosos do Brasil, e torna a Paraíba referência nacional na criação e fortalecimento de políticas públicas para a terceira idade. O condomínio Cidade Madura, localizado no Cidade Verde, em João Pessoa, dispõe de 40 unidades habitacionais, posto médico, pista de caminhada, redário, praça e centro de vivência, tudo projetado para atender às necessidades e garantir qualidade de vida para os idosos que mais precisam.
São quase R$ 4 milhões investidos em algo que não tem preço: A dignidade e o respeito a quem precisa e merece! Campina Grande, Cajazeiras e Sousa também serão contempladas com o projeto que é pioneiro no país.
São 40 casas em João Pessoa, 40 em Campina Grande e mais 40 em Cajazeiras, no alto sertão da Paraíba. Não se adquire a casa! Depois de inscrita, a pessoa idosa tem que comprovar a necessidade de morar – não ter casa própria, ter uma renda de até 5 salários minimos – e principalmente, ir morar só ou com o cônjuge. Não pode morar com filhos ou netos. O projeto destina-se exatamente a pessoas com carência de moradia e família, mas precisa ter autonomia física e mental. Uma vez atendidos os critérios, ela passa a ocupar o imóvel até desistir dele ou morrer. Aí o Estado o passa a outro idoso que deseje morar.

Manoel Francisco de Souza, de 76 anos de idade, foi o primeiro a fazer mudança para o Residencial Cidade Madura. Ele diz acreditar que sua qualidade de vida irá melhorar com a aquisição de sua casa de nº 34. “Dei graças a Deus por ter recebido minha casinha. Tenho problemas de saúde e vivo com um salário mínimo. Agora, sem pagar aluguel, poderei até me alimentar melhor. Aqui está bom demais”, ressaltou.
Junto com Manoel Francisco veio a companheira Hilda Lira dos Santos, 58, que está ajudando a organizar o novo lar. “A gente morava de aluguel. Agora temos o nosso canto. Gostamos muito desse ambiente, porque é bastante calmo. Estamos felizes. Quando os outros vizinhos chegarem tudo ficará melhor ainda”, garantiu.

Ao todo foram construídas na Cidade Madura 40 unidades habitacionais (com área de 54m² cada) totalmente adaptadas às necessidades das pessoas idosas. O local ainda possui guarita de vigilância, uma praça, pista de caminhada, redário, sala de atendimento médico, centro de vivência e uma horta comunitária. O espaço é urbanizado dentro das normas de acessibilidade. Em João Pessoa, o projeto representou um investimento de R$ 3,6 milhões.

Fonte:Paraiba-Pb

 

Cristiani Meller
Cristiani Meller, Analista Financeira e Gerente Comercial do Portal Mulher de Fato.

Os comentários estão encerrados.