Bem Estar

Por que não devemos sentir fome – nem mesmo para emagrecer

Atualizado em: 29/06/2015

porque-sentir-fome

Você está com fome nesse exato momento? Se estiver, não deixe que isso ocorra novamente, sabe por quê? Muitas vezes, as pessoas só se alimentam quando o estômago grita por comida e acabam optando por alimentos mais práticos e prontos. O problema é que eles não ofertam bons nutrientes e não auxiliam na perda de peso, prejudicando totalmente o plano alimentar.

 

A correria do dia a dia pode impedir você de realizar as refeições diárias de forma fracionada e periódica, mas é extremamente importante dedicar seu tempo a sua alimentação. Isso irá refletir no seu desempenho e disposição diária, logo, vale a pena o esforço.

Para a manutenção e bom funcionamento do organismo deve-se ingerir alimentos de forma regular. Recomenda-se três horas de intervalo entre as refeições. Ao ficar mais do que isso sem se alimentar, o corpo responde com a redução do metabolismo e estoque de energia (principalmente em forma de gordura) gerando muita fome, provocando o exagero na alimentação.

Como fracionar os alimentos para emagrecer

As estratégias ideais são:

  • Ter café da manhã, almoço e jantar diariamente em horários regulares e, entre eles, fazer lanches. Dessa forma, você se alimentará o suficiente, não exagerando nas próximas refeições;
  • É importante também comer devagar, mastigando bem os alimentos. Nosso corpo sente saciedade após 20 minutos de ingestão. Se nos alimentamos rápido, comemos mais para compensar a fome;
  • Fazer um lanchinho onde você estiver. Não espere chegar em casa ou em outro lugar, isso pode gerar o esquecimento e longos períodos em jejum.
  • Nossa principal fonte energética é o alimento e a maneira como comemos depende de fatores culturais, hábitos adquiridos no meio familiar e disposição hormonal. Esses fatores irão influenciar na alimentação e, principalmente, no comportamento alimentar. Que tal experimentar estas sugestões? Dê hoje o primeiro passo para melhorar de vida.

 

Fonte: Da Redação com BolsadeMulher

Bem Estar