Pele seca com acne: o que fazer? Por que acontece?

6 aspectos que você deve analisar ao comprar uma bolsa
27 de maio de 2015
Cura para insônia pode estar no que você come
27 de maio de 2015

Pele seca com acne: o que fazer? Por que acontece?

Espinhas no rosto são muito comuns na adolescência, quando um turbilhão de hormônios aumenta a oleosidade da pele e predispõe o aparecimento da acne. Mas pessoas com pele seca também podem ter as pústulas amareladas. Descubra a seguir por que isso acontece.

 

Pele seca com espinhas no rosto: causas

As espinhas costumam se formar em decorrência da secreção exagerada de sebo pelas glândulas da pele, fazendo com que seu rosto se torne o ambiente perfeito para a proliferação de bactérias que causam inflamação dos folículos. Sem o excesso de óleo, quem tem pele seca deve culpar outros fatores pelo aparecimento de acnes.

Usar muito hidratante

A dermatologista Daniela Lemes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que um dos mais comuns desencadeadores da acne em pessoas com pele seca é o uso excessivo de cremes hidratantes. “Quando o hidratante não é do tipo adequado para a pele seca, a pessoa acaba passando quantidades muito grandes, o que faz com que os poros fiquem entupidos”, conta.

O problema pode acontecer também com outros cosméticos caso eles não sejam escolhidos conforme o tipo de pele, como o protetor solar.

Alterações hormonais

Os hormônios sexuais estrogênio e progesterona estão intimamente relacionados com o aparecimento de espinhas e cravos, principalmente no queixo e na parte inferior do rosto. “É muito comum em mulheres com ovário policístico, mas também pode acontecer em outros casos, como durante a gravidez ou quando você para de tomar pílula depois de muito tempo usando o anticoncepcional”, explica a dermatologista.

Medicamentos e suplementos para exercício

As vitaminas do complexo B têm funções essenciais no corpo humano, como a formação das células e o combate aos radicais livres. Mas, em excesso, elas estimulam as glândulas sebáceas a produzirem oleosidade, entupindo os poros e causando espinhas. Antes de tomar vitaminas, faça um exame de sangue com acompanhamento médico e verifique a real necessidade da suplementação.

Alimentação

Apesar da fama de ser a principal causadora de espinhas, não há comprovação científica de que a má alimentação, repleta de açúcar e gordura, cause acne. No entanto, um recente estudo publicado no periódico Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics mostrou que pode haver uma relação entre alimentos com alto índice glicêmico e laticínios e o aparecimento de espinhas.

Os alimentos com alto índice glicêmico causam picos de glicose na corrente sanguínea. São, principalmente, as massas e doces com açúcar branco. Já os laticínios são os derivados do leite, como queijo e manteiga.

Como tratar pele seca com acne

O ideal é consultar um dermatologista, que te ajudará a identificar e afastar a causa da acne. Se for o uso errado de hidratantes, por exemplo, o médico poderá trocar o produto e melhor orientar a aplicação e se for alguma alteração no sistema reprodutivo, ele possivelmente te encaminhará para um ginecologista.

Afastada a causa das espinhas, poderão ser indicados tratamentos para amenizá-las. Como se trata de um problema localizado de oleosidade, o mais provável é que o cuidado seja também local, com limpeza de pele e loções secativas, por exemplo. Outra opção é fazer um peeling, que renova a camada celular e traz benefícios até mesmo para a pele seca.

Fonte: Da Redação com Dicas de Mulher

Cristiani Meller
Cristiani Meller, Analista Financeira e Gerente Comercial do Portal Mulher de Fato.

Os comentários estão encerrados.