Bem Estar

Menstruação e dengue: doença altera o ciclo? Entenda

Atualizado em: 28/05/2015

menstruacao-e-dengue-1

Febre alta e dores no corpo são sintomas conhecidos da dengue. Mas existem outros sinais que também podem estar relacionados à doença, mas pouca gente conhece.  A alteração do fluxo menstrual é um deles. Entenda a seguir em que casos menstruação e dengue estão relacionados.

Menstruação com fluxo intenso pode ser dengue?

A dengue, principalmente se for do tipo hemorrágica, pode causar diminuição do número de plaquetas presentes no sangue, cujas funções são coagular o sangue e, em consequência, evitar ou estancar sangramentos.

No caso da dengue hemorrágica, a queda do número de plaquetas é ainda mais acentuada, o que causa sangramento em diferentes partes do corpo, como nariz e gengivas. O ginecologista e obstetra Domingos Mantelli, explica que, como ocorre aumento do volume de sangramento, se a mulher estiver menstruada, ela também poderá sentir um aumento do fluxo menstrual.

Mas, para que a menstruação abundante indique dengue, é necessário que haja outros sintomas, como febre, dores no corpo e sangramento em outras partes do corpo. Caso o sangramento aumentado seja o único sintoma, o ideal é procurar um ginecologista para indicar o real motivo. Mas se você já estiver com dengue e notar um aumento repentino do volume menstrual, esse pode ser um indício de agravamento do quadro.

Fonte: Da Redação com Bolsa de Mulher

Bem Estar