Bem Estar

EXAMES PRÉ-NUPCIAIS SÃO FUNDAMENTAIS PARA SAÚDE DO CASAL

Atualizado em: 20/05/2014

casal

casal1casal3casal2

No mês das noivas, uma dica importante para os casais que sonham em subir ao altar e já estão nos preparativos para o casamento é cuidar também da saúde. Em meio a tantos detalhes, os exames pré-nupciais não podem ficar de fora.
Mesmo para o casal que já tem uma vida sexual antes do casamento, é altamente recomendável que os dois passem por uma bateria de exames antes de iniciarem uma vida juntos. O objetivo destes testes é detectar doenças sexualmente transmissíveis, como também avaliar o nível de saúde genital e se há algum problema de fertilidade. Os exames pré-nupciais são fundamentais para um projeto longo de vida conjunto, especialmente para quem pretende ter filhos.

Para o obstetra e ginecologista Élson Almeida, os exames são importantes para os casais prevenirem doenças e descobrirem problemas crônicos pré existentes, assim como saber sobre os possíveis problemas de fertilidade dos parceiros. “As pessoas fazem planos e têm grandes expectativas com relação ao casamento. Exames preventivos de saúde possibilitam ao casal começar uma nova vida e pensar em engravidar com a melhor saúde possível”, explica o especialista do Hapvida Saúde.
Existem exames específicos para os homens, para as mulheres e exames que os dois devem realizar. Na consulta pré-nupcial, o especialista deve entender o histórico de doenças de cada um, além do histórico de doenças familiares que podem afetar a saúde dos futuros filhos. O médico também deve perguntar sobre as características e o ciclo menstrual da mulher e, se for o caso, encaminhá-la a um especialista.
Entre os exames necessários para investigação médica do casal, estão os testes de sangue para avaliar doenças sexualmente transmissíveis, como hepatite B e C, sífilis, AIDS, além de outras doenças como toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus que podem ser prejudiciais ao bebê. O casal também deve fazer o exame de tipagem sanguínea e hemograma completo (anemia, glicemia, colesterol, triglicéridos), além dos exames de urina e fezes.
Além dos exames ginecológicos e de prevenção, para as mulheres, ainda é indicado o exame de Papanicolau, um dos mais importantes para detecção do câncer de colo do útero. Uma ultrassonografia transvaginal avalia a anatomia do útero, colo, ovários e trompas. Para a mulher que ainda não tem vida sexual, o exame é substituído pela ultrassonografia abdominal ou pélvica.
Para os homens, o cardápio de exames específicos é menor, mas também fundamental. Um espermograma identifica a quantidade e a qualidade de espermatozoides. Por meio dessa análise é possível saber se o homem é fértil ou não. Homens acima dos 40 anos devem fazer o exame da próstata.

Fonte:Leandro Ramalho – Pauta Comunicação

 

Bem Estar