Bem Estar

5 erros que você está cometendo quanto ao consumo de proteínas

Atualizado em: 17/06/2015

dieta-proteinas-ovo_0

Proteína é a chave para a sua versão magra, forte e em forma – mas apenas se você a está consumindo corretamente. Infelizmente, a maioria das mulheres não está. Descubra os erros mais comuns e quantos deles estão te prejudicando.

Não combinar a proteína pós-treino com carboidratos

Exercícios (especialmente os de alta intensidade ou treinos de resistência) quebram as fibras musculares. Apesar dos aminoácidos da proteína serem essenciais para ajudar a repará-las imediatamente após o treino, carboidratos ajudam a transportar esses aminoácidos para as células, ativando o crescimento dos músculos. É por isso que achocolatados sem gordura são favoritos entre os atletas. Eles têm a mistura ideal de carboidratos e proteínas (cerca de três vezes mais carboidrato do que proteína).

Não adicionar proteína a todas as refeições – e lanches

Se você come aveia no café da manhã, salada no almoço e carne apenas no jantar, você está fazendo isso errado. Seus músculos provavelmente não sofrem com isso, mas seus níveis de energia e circunferência abdominal, com certeza. Proteína é o que ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis durante o dia, dão saciedade e previnem da fome às três da manhã. Procure comer 20 a 30 gramas de proteína em cada refeição.

Achar que toda refeição deve ter “proteínas completas”

As proteínas vindas de vegetais não contêm um dos nove aminoácidos essenciais, e é por isso que elas são chamadas de “proteínas incompletas”. Por isso, para deixar cada refeição “completa”, muitas pessoas procuram por duas opções dos vegetais, para que um compense pela falta no outro. Mas isso não é necessário. Se você está comendo as calorias recomendadas com apenas um dos alimentos naquela refeição você pode deixar para procurar outras fontes de proteínas nas outras horas do dia – o que nos leva ao próximo tópico…

Comer proteína da mesma fonte todo dia

Apesar de você não precisar de todos eles na mesma refeição, é importante ingerir todos os nove aminoácidos. Além disso, cada fonte de proteína traz benefícios próprios, como diferentes misturas de vitaminas, minerais, gorduras e carboidratos. Você precisa de uma grande variedade para uma saúde melhor e perda de peso e formação de músculos mais eficazes.

Depender de shakes ou barrinhas para consumir proteínas

Eles são bem convenientes, mas shakes e barrinhas comprados prontos frequentemente contêm muito açúcar – e muitos nem têm tanta proteína assim. A melhor alternativa é depender de “comidas de verdade” sempre que possível. Nozes, sementes, iogurte grego, fatias de queijo e ovos cozidos, por exemplo, possuem proteínas naturalmente, além de vários outros nutrientes, e são tão fáceis de consumir no snack da tarde quanto as barrinhas.

Fonte: Da Redação com MdeMulher

Bem Estar