Beleza e Moda

Três vícios de beleza que devem ser superados

Atualizado em: 14/09/2012

pele

Todo cuidado de beleza tem limite. Se você costuma seguir uma rotina, mas não nota resultados e acha que sempre falta algo, sinal de que pode estar exagerando. Confira os três vícios mais comuns e aprenda a se livrar deles.

1. Você ama o ritual de limpeza facial

"Quando lavada em excesso, a pele oleosa produz mais óleo. A seca perde o manto hidrolipídico, piorando o ressecamento, e a mista sofre as duas consequências", diz Mônica Aribi, dermatologista de São Paulo.

Sintomas

A pele oleosa ganha cravos. A seca, rachaduras. A mista tem as duas implicações!

Rehab

Para não se perder na operação resgate, entenda a função de cada agente de limpeza. O demaquilante tira os resíduos do make, mas não substitui o sabonete, que limpa também a sujeira. Gel e emulsão de limpeza têm a mesma função, sendo o primeiro para pele mista e o último para seca. Tônico complementa a higiene e equilibra o pH. Adstringente, indicado para rosto oleoso e misto, fecha os poros. A limpeza deve ser feita com sabonete para o seu tipo de pele. Se estiver oleosa demais, use, uma vez ao dia, esfoliante facial com microesferas de polietileno. "Para reduzir o brilho, fuja das máscaras. Elas deixam a pele úmida por muito tempo", diz Adilson Costa, dermatologista de São Paulo. O passo seguinte é usar, pela manhã e à noite, um tônico para o seu tipo de pele. E você precisa, sim, de hidratação, à base de géis ou séruns. Procure por ácido hialurônico micronizado, que hidrata e previne o envelhecimento. Tem pele seca? Para eliminar a sujeira, aplique antes de dormir uma emulsão de limpeza sem enxágue. A dona de uma pele mista deve lavar o rosto pela manhã e à noite e, na primeira vez, finalizar com tônico e completar borrifando água termal.

2. Você esfolia o corpo – muito – bem

Capaz de deixar suas curvas macias, a esfoliação corporal é, sim, uma aliada da beleza. Mas na medida. "Quem tem a pele seca deve realizar o procedimento semanalmente. Se a sua é normal, duas ou três vezes por semana", diz a dermatologista Mônica Aribi. Se esfrega o produto na hora de aplicar e excede essa recomendação, em vez de ter benefícios, estará sujeita ao efeito rebote. Além disso, a barreira de proteção natural é prejudicada, abrindo espaço para as radiações solares penetrarem de forma mais agressiva na sua pele. Ui!

Sintomas

Pequenas rachaduras. A pele fica ainda mais seca e, para se proteger, forma uma camada grossa e áspera.

Rehab

Jamais exceda três esfoliações semanais e use sempre produtos com microesferas. "Cristais de açúcar, por exemplo, arranham a pele, deixando-a esfolada", diz Daniela Landim, dermatologista de São Paulo. Das caseiras, a melhor é a mistura de mel com fubá, menos agressiva. E os movimentos devem ser circulares e muito leves, ok?

3. Você é obcecada por lixa para os pés

Não pode ver uma lixa que já encontra pele para retirar, mesmo onde não há? Esse hábito abrasivo pode ser a razão da descamação excessiva dos seus pés. "Lixar é positivo, mas de maneira leve e controlada. Se a pele entender que está sofrendo uma agressão, irá se proliferar e ficar cada vez mais grossa", diz Mônica. O exagero leva inclusive à formação de rachaduras, já que a área acaba ficando ressecada e sensível. A especialista orienta que o procedimento seja realizado durante o banho, com a pele ensaboada e amolecida. "Os movimentos devem ser leves e circulares, não de vai e vem, e a cada 15 dias", diz Daniela Landim. Se sentir um leve ardor que seja, é porque já passou do limite.

Sintomas

Rachaduras, aspereza e descamação.

Rehab

Escolha uma lixa pouco agressiva. Existem no mercado opções descartáveis, que evitam proliferação de bactérias (os pés são áreas bastante suscetíveis à contaminação por fungos). E use creme com ureia, lactato de amônia, vitamina E, ácido hialurônico, excelentes hidratantes.

Nova

Beleza e Moda