Movimento antivacina gera surto de doenças nos EUA. Brasil também tem adeptos.
22 de fevereiro de 2014
Figuras femininas históricas irão protagonizar desfile do Bloco da Vida
23 de fevereiro de 2014

Respondendo a polêmica

De cara, achamos as imagens retocadas demais e o styling forçado – em algumas imagens Lena parecia verdadeiramente fora de seu habitat, e não de um jeito bacana. Mas por algum motivo que foge ao nosso entendimento, o site Jezebel resolveu levar a história mais longe e promoveu uma recompensa de US$10 mil para quem entregasse as fotos originais sem Photoshop ao site para que eles provassem o quanto as imagens haviam sido adulteradas.
Na época, Lena Dunham reprovou a manobra, twittando que a história toda era ridícula e que o povo podia usar sua energia para coisas mais importantes em 2014.
Já a Vogue respondeu com uma imagem postada em seu Instagram oficial, provando que Lena posou mesmo com um pombo na cabeça e a legenda: “O pombo da Vogue. Alguma pergunta?”

As fotos acabaram chegando ao Jezebel, que quebrou a cara bonito: as imagens nem haviam sido tão retocadas assim, o que deixou a história toda ainda mais sem sentido. Essa semana, um mês depois de todo o rolo, Lena comentou o assunto em uma entrevista, dizendo que o Jezebel pode ser inteligente e divertido, mas depois que você é atacada de tal jeito e de um erro tão monumental ao abordar o feminismo, é difícil continuar acompanhando o site. A atriz contou ainda que ficou um pouco nervosa antes de ver as imagens originais, mas quando as viu, se sentiu totalmente respeitada pela Vogue: “Obrigada por remover aquela linha do meu rosto porque eu tenho 27 anos e não deveria tê-la, agradeço por isso”, comentou a criadora de “Girls” na entrevista.
E se entre ela e a Vogue está tudo bem, sua relação com Jezebel definitivamente não é mais muito amigável: “Ao invés de dizerem ‘Ei, a gente fez merda – essas fotos nem estão assim tão retocadas. Lena, curta sua matéria na Vogue que você sonhava em fazer desde os oito anos de idade’, o Jezebel disse algo do tipo ‘ela não está retocada mas podia estar’. Foi uma manobra política esquisita que tenho muita dificuldade em respeitar.”
Pois é, receber críticas parece ser o forte de Lena Dunham! Além de ser o alvo das recentes blasfêmias neste último ensaio, ela é atacada toda vez que cruza o tapete vermelho. Mas isso não diminui o amor que a criadora do “Girls” tem pelas roupas. Em declaração recente para a Vogue, a atriz mostrou que seus nervos são de aço: “Eu amo roupas, mas não ligo para a lista dos melhores e piores looks. Na verdade eu sinto um prazer ” perverso” quando me dizem que estou horrível. Se os estilistas que eu mais amo fazem vestidos especialmente pra mim, eu me sinto excitada para usá-los, e indepentende da reação, eu me sinto realizada!”.

 

Fonte: Petiscos

Os comentários estão encerrados.