Modelo negra é vítima de racismo em redes sociais

Como estão os sêxtuplos 6 anos depois: família refaz foto linda com eles já crescidos
20 de janeiro de 2017
Troféu Gonzagão 2017 será lançado pela primeira vez em João Pessoa
24 de janeiro de 2017

Modelo negra é vítima de racismo em redes sociais

Era apenas uma foto comum em que uma mãe de biquíni mostra orgulhosa a barriga de grávida, no entanto internautas transformaram a situação em mais um caso de racismo.  A modelo Porsche Thomas estava com 35 semanas de gestação dos filhos gêmeos, em 29 dezembro, quando foi atacada com comentários preconceituosos que criticavam a “escuridão” de sua barriga. Apesar dos comentários racista, a foto também recebeu comentários de incentivo e força de pessoas do mundo inteiro, inclusive do Brasil.

Para responder os ataques, a americana postou outra imagem com o ventre exposto. “Enquanto alguns de vocês estão aqui em meus comentários criticando a minha escuridão e a de minha barriga durante um feriado que deveria ser de celebrações, eu estou aproveitando a vida, criando seres-humanos minúsculos, realizando milagres e, esperançosamente, ficando ainda mais negra”, escreveu a americana.

A modelo também deu entrevista ao site BET e falou sobre a falta de representatividade de modelos negras grávidas na indústria da moda. “Era apenas uma foto para abraçar a barriga. Nós estamos acostumados a ver grávidas brancas. Nós não vemos com frequência a barriga de pessoas negras e, por alguma razão, quando vemos, as pessoas têm uma reação negativa em relação a isso, como se fosse algo vulgar”, disse Porsche.

Porsche deu à luz Ausgust e Berlin no começo desse ano, em 7 de janeiro.

I can’t stop staring at them #August #Berlin #fraternal #twins #mamasboys #inLOVE

Uma foto publicada por porschethomas (@porschethomas) em

Fonte: Estadão

 

Denise Lemos
Diretora Executiva do Portal Mulher de Fato, CEO Up Branding Marketing Digital, CEO Startup 28Dias.

Os comentários estão encerrados.