Beleza e Moda

Moda resgata o estilo grunge na temporada

Atualizado em: 17/03/2014

1236462_653575484679806_870452469_n

Quem tem um olhar mais atento com certeza já percebeu que o estilo grunge está de volta às vitrines para o outono/inverno deste ano. Composta essencialmente de estampas xadrez e peças descoladas, como camisas de flanela, jaquetas e jeans rasgados, a tendência é considerada perfeita para as estações mais amenas por conseguir mesclar o sóbrio com o despojado sem deixar de lado a elegância.

O estilista Henrique Cardoso é um dos que admiram e acreditam na força do grunge. Segundo ele, o estilo difundido no início dos anos 90 tem seu valor por trazer à tona um visual diferente e inspirador. “O estilo grunge surgiu dessa tribo de seguidores das principais bandas da época como Nirvana, Pearl Jam e Foo Fighters. É um estilo próprio e característico de um visual com roupas velhas, obscuras, tons acinzentados, com pigmentos fortes do vinho, vermelho, laranja, e de cabelos desgrenhados e longos”, explica.

Conforme o especialista, o resgate do grunge vem acontecendo de forma interessante por meio do xadrez e das padronagens grandes associadas a outros elementos, como o animal print e os temas geométricos. “Listras com desgastes, o famoso gorro, o couro ecológico, as camisetas com estampas maiores e as peças mais largas são outros componentes marcantes desta tendência atual, claro, levadas para o lado mais glamouroso”, menciona.

A consultora de estilo Iara Torquato complementa, ainda, que vários expoentes da moda já aproveitaram a tendência em desfiles e coleções recentes, todos com bastante sucesso.

“Além da Yves Saint Laurent e da M Missoni, a Calvin Klein adequou o grunge às suas criações, mas sem abrir mão do minimalismo”, analisa. “Tanto Nicholas K quanto Richard Chai exploraram referências nesse estilo na semana de moda em Nova York. O mesmo fez Tommy Hilfiger, que não deixou de caprichar no xadrez em sua coleção”, completa.

Cardoso observa que o grunge contemporâneo pode ser uma excelente aposta para diferentes ocasiões, desde que haja equilíbrio e bom senso. “Dentre as combinações, a mais característica é o clássico xadrez vermelho, parecido com o escocês, com mais pigmento escuro, que fica ótimo com peças de tons neutros, nas cores branca, preta ou cinza e é ideal para o dia”, afirma.

“Outra peça chave é a própria camisa de flanela xadrez, que pode ser usada de diversas maneiras: com uma camiseta comum ou por baixo de uma jaqueta mais grossa de inverno coordenada com uma calça reta lisa, bem adequada para o trabalho”, acrescenta.

Em dias mais quentes, o estilista recomenda investir em looks que tenham o xadrez em tecidos mais leves e fluidos, como viscose e voil, ou nas camisas amarradas na cintura, criando um visual mais moderno e antenado. “Uma sugestão é o print collage do xadrez com o floral. Com ele, os vestidinhos e saias ficam lindos para sair à noite para um jantar ou arrasar nas festas”, observa.

PEÇAS BÁSICAS MANTÉM O GRUNGE

Mesmo sendo encarada por alguns como uma tendência antimoda, o grunge oferece muitas oportunidades para explorar o que há de mais diferente e original em acessórios. Sapatos abotinados, coturnos, bolsas, mochilas e peças com influências do rock. Estas são as melhores opções para arrasar na produção e enriquecer o look, analisa a consultora de estilo Iara Torquato.

Contudo, para ela, por não existir inverno rigoroso nem intenso, o clima do Nordeste pode se tornar um entrave para entrar totalmente no universo grunge. “É uma pena, mas quem tiver a oportunidade pode apostar nestes acessórios”, exalta.

Por sua vez, Henrique Cardoso sustenta que o famoso tênis All Star, as sapatilhas e até mesmo as espadrilhas podem conferir um ar mais britânico e grunge ao visual sem muito esforço.

“Anéis, pulseiras, colares metalizados, detalhes dourados, pedrarias, tachas e todos os tipos de miçangas, pulseiras em tiras de couro e braceletes também combinam hiper bem”, propõe.

O estilista ainda comenta que as estampas quadriculadas estão em altas e deverão aparecer com cada vez mais frequência em lenços, cachecóis, bolsas, colares, gravatas, broches e cintos. “Mas para compor o look a dica é acessórios na cor lisa do fundo do seu xadrez, bolsas ou sapatos, assim você ressalta ainda mais as listras contrastantes da peça”, finaliza.

 

Fonte: Jornal da Paraíba (Phillipe Xavier)

Beleza e Moda