Beleza e Moda

Maquiagem que APAGA espinha interna: passo a passo de 5 minutos

Atualizado em: 13/06/2015

espinha-interna-maquiagem-principal-4

Parece “lei de Murphy”: toda vez que você tem um evento importante em que quer chegar arrasando… Aparece alguma espinha no seu rosto. Muitas vezes, a espinha interna inflamada é a pior, porque fica dolorida, avermelhada – às vezes até arroxeada – e muito aparente. Mas, como tudo nessa vida tem jeito, conversamos com a maquiadora Natalia Antunes, da LUMI Cosméticos, que ensinou um truque infalível e super rápido para disfarçá-las.

Como esconder espinha interna

Esconder espinha com maquiagem não é uma tarefa tão complicada assim, mas tenha em mente que é preciso deixar a pele bem limpa antes de começar, além de, depois que você chegar em casa, tirar 100% da make com um demaquilante, e depois lavar o rosto com sabonete específico para seu tipo de pele. Caso contrário, você pode obstruir ainda mais o folículo entupido responsável pela inflamação e piorar o aspecto da espinha.

Maquiagem contra espinha

Dito isto, as recomendações de Natalia para disfarçar espinha são as seguintes:

1. Fazer a preparação da pele. “Pode ser com primer, base, BB Cream e corretivo normal, por exemplo. É só fazer da maneira como você está acostumada, e dependendo da cobertura que você quer dar”, explica a maquiadora. Caso queira uma cobertura mais pesada, invista na base. Se quiser mais leve, o BB Cream é uma boa opção.

2. O truque para disfarçar espinha inflamada está em usar aqueles corretivos coloridos. No caso da espinha interna muito vermelha, o ideal é usar um corretivo no tom esverdeado. “Aplique bem em cima de onde está a espinha, sem puxar muito para os lados, sem fazer um grande círculo em volta. Para não ficar artificial ou perceptível, dê leves batidinhas com o dedo anelar, que tem um toque mais leve, até que o corretivo verde esteja mesclado com a base da sua pele”, ensina Natalia.

3. No caso de esconder espinha interna que esteja em uma cor mais arroxeada, siga os mesmos passos da espinha vermelha, somente mudando a cor do corretivo a ser aplicado. “Neste caso, deve ser um corretivo com um fundo bem amarelo ou vermelho. A ideia é sempre contrastar com a cor do problema que você vai corrigir”, diz a profissional. Este truque do corretivo amarelo ou vermelho serve também para esconder olheiras ou mesmo hematomas.

4. Feito isto, nos dois casos, espere secar e aplique corretivo normal – também com as batidinhas com o dedo anelar – ou pó em cima da espinha, com cuidado, para não tirar a camada que você preparou e nem deixar muito artificial.

Natalia explica que, dessa forma, dá paradisfarçar espinha grande com maquiagem. “A cor da espinha some, além do aspecto dela. A única coisa que fica perceptível é um ‘altinho’ no local da espinha, uma espécie de desnível. Mas, com essa técnica, dá para disfarçar muito bem, sim”, crê.

Fonte: Da Redação com Bolsa de Mulher

Beleza e Moda