Beleza e Moda

Manual para quem faz escova em casa e quer resultado de salão

Atualizado em: 04/06/2015

310-manual-escova-perfeita-cabelo

Chapado ou com movimento, o visual liso é definitivamente o mais desejado pelas brasileiras, que não poupam esforços para ter o cabelo dos sonhos. Se você faz parte desse time, comemore: não faltam truques e produtos que facilitam a escova e prolongam o resultado.

O secador perfeito
Quanto maior a temperatura, mais rápido será o processo. Porém, nem sempre vale expor o cabelo a tanto calor – dependendo da espessura do fio, ele sofre danos. “Cabelo fino deve ser escovado com o secador em temperatura média”, fala a cabeleireira Taciana Silva, do salão Werner Coiffeur Baixo Leblon, no Rio de Janeiro. Os aparelhos com potência de 1800 a 2 mil watts são eficientes e seguros.

Look chapado
Você pode utilizar a prancha para dar acabamento à escova ou passá-la sem ter alisado as mechas antes. Se optar pela segunda alternativa, lembre-se de que os fios precisam estar 80% secos. Caso contrário, o risco de ressecamento e quebra é maior. Divida o cabelo em pequenas mechas e deslize o aparelho três vezes em cada uma delas, da raiz às pontas, por cerca de dez segundos. O movimento deve ser rápido e preciso. Tome cuidado para não queimar as orelhas.

 

Na hora do banhoA umidade é a grande inimiga da escova, portanto, tomar banho sem proteger os fios é jogar todo seu esforço pelo ralo. Para evitar o frizz, enrole uma toalha no cabelo e coloque a touca plástica por cima – ela deve ficar bem presa à cabeça e sem nenhum espaço que possa entrar água. Evite demorar muito no chuveiro e regule a temperatura para morna ou fria. Assim, você evita a formação de vapor que também prejudica o efeito liso.

As ferramentas ideais
As escovas redondas facilitam o alisamento e seu tamanho deve ser escolhido conforme o comprimento dos fios. Quanto mais longo o cabelo, maior o diâmetro da escova. Por isso, se você tem cabelo curto, prefira os modelos menores. As que têm base em cerâmica absorvem o calor do secador e agilizam a secagem. Outra característica importante é o tipo de cerdas. “Existem as versões naturais, geralmente feitas de crina de cavalo e pelo de javali, de náilon e as mistas, que unem as duas. Prefiro a última opção, que traciona melhor o cabelo sem agredi-lo tanto”, explica o cabeleireiro Marcos Proença, de São Paulo, queridinho das atrizes, como Deborah Secco e Flávia Alessandra.

As estrelas do espetáculo
Na hora de investir no secador para alisar ou na chapinha, economia não deve ser a palavra-chave. O sucesso do liso perfeito depende muito desses dois aparelhos. “Os secadores com íons ajudam a tirar a eletricidade dos fios, minimizando o aparecimento de frizz”, fala o cabeleireiro Celso Kamura, de São Paulo, em coro com muitos experts que elegem essa tecnologia como a mais eficiente. Os íons também estão presentes nas pranchas, que ainda devem ter placas de cerâmica e capacidade de manter a temperatura constante.

Os aliados indispensáveis
Prolongar o liso é uma bênção para quem não vive sem escova (ainda mais se ela for feita em casa). O segredo dos experts? Produtos leave-in. Eles protegem a fibra capilar do calor do secador, evitam o frizz e impedem a ação da umidade. À base de óleos e silicones, formam uma película em volta do fio, blindando-o. “Antes de aplicar o finalizador em todo o comprimento, retire o excesso de água do cabelo. Faça a escova, espere as mechas esfriarem e espalhe uma gota de reparador de pontas ou óleo para dar polimento”, ensina Marco Antonio de Biaggi, hairstylist do MG Hair, em São Paulo.

Revista Boa Forma

Beleza e Moda