Louis Vuitton terá de desmontar estrutura da Praça Vermelha, em Moscou

Mostra “Call me Frida”, de Fernanda Young
28 de novembro de 2013
Riachuelo inaugura flagship em SP com circuito intenso de atividades
28 de novembro de 2013

Louis Vuitton terá de desmontar estrutura da Praça Vermelha, em Moscou

O espaço montado pela Louis Vuitton na Praça Vermelha, em Moscou, para uma exposição terá de ser desmontado, segundo informações do “WWD”. A estrutura erguida tem o formato de uma mala gigante da marca.

A construção faz parte da exposição “The Soul of Travel”, programada para ser aberta no dia 2 de dezembro, e que seria o último de vários eventos para marcar os 120 anos do centro de compras GUM. O estabelecimento informou nesta quarta-feira (27.11) que já solicitou à Louis Vuitton que desmonte o espaço.

Nesta quarta-feira, um funcionário da presidência informou que o Kremlin não tinha aprovado a instalação. O porta-voz presidencial Dmitry Peskov disse à agência de notícias estatal RIA Novosti que a remoção não havia sido explicitamente ordenada, mas que havia um “problema de escala” na construção.

A estrutura de nove metros de altura e 30 metros de comprimento foi inspirada na mala usada por um nobre russo, o príncipe Vladimir Orloff (por isso as iniciais P.W.O.). A controvérsia em torno da mala começou devido à proximidade do túmulo do líder comunista Vladimir Lênin. Também houve queixas por parte do público de que a estrutura bloqueou a visão para a Catedral de São Basílio.

A Louis Vuitton ainda não comentou o episódio.

 

 

Fonte: FFW

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *