Beleza e Moda

Louis Vuitton terá de desmontar estrutura da Praça Vermelha, em Moscou

Atualizado em: 28/11/2013

Louis-Vuitton-Moscou-Russia-mala-exposicao

O espaço montado pela Louis Vuitton na Praça Vermelha, em Moscou, para uma exposição terá de ser desmontado, segundo informações do “WWD”. A estrutura erguida tem o formato de uma mala gigante da marca.

A construção faz parte da exposição “The Soul of Travel”, programada para ser aberta no dia 2 de dezembro, e que seria o último de vários eventos para marcar os 120 anos do centro de compras GUM. O estabelecimento informou nesta quarta-feira (27.11) que já solicitou à Louis Vuitton que desmonte o espaço.

Nesta quarta-feira, um funcionário da presidência informou que o Kremlin não tinha aprovado a instalação. O porta-voz presidencial Dmitry Peskov disse à agência de notícias estatal RIA Novosti que a remoção não havia sido explicitamente ordenada, mas que havia um “problema de escala” na construção.

A estrutura de nove metros de altura e 30 metros de comprimento foi inspirada na mala usada por um nobre russo, o príncipe Vladimir Orloff (por isso as iniciais P.W.O.). A controvérsia em torno da mala começou devido à proximidade do túmulo do líder comunista Vladimir Lênin. Também houve queixas por parte do público de que a estrutura bloqueou a visão para a Catedral de São Basílio.

A Louis Vuitton ainda não comentou o episódio.

 

 

Fonte: FFW

Beleza e Moda