Beleza e Moda

Lipo laser DESTRÓI gordura e leva junto a flacidez; saiba TUDO sobre ela

Atualizado em: 19/06/2015

lipo-a-laser-emagrece-1

Você já ouviu falar em lipoaspiração com laser? Esse tipo de cirurgia plástica facilita a retirada de gordura localizada e pode ser uma ótima alternativa para destruir aquele pneuzinho persistente. Conheça tudo sobre ela a seguir.

Lipo a laser: o que é

O cirurgião plástico Alderson Luiz Pacheco explica que a lipoaspiração a laser é feita como uma lipoaspiração comum, a diferença é que, antes de inserir a cânula que aspira a gordura, o cirurgião introduz um aparelho de laser na camada de gordura do paciente.

Como é feita

Assim como a lipoaspiração tradicional, a lipoaspiração com laser é feita por um cirurgião plástico em centro cirúrgico. A anestesia utilizada costuma ser local com sedação, mas, em casos específicos, pode ser necessária anestesia geral.

Depois de infiltrar a solução de Klein, mistura de soro fisiológico e adrenalina que reduz o sangramento, o médico introduz o laser através da pele até chegar à camada de gordura que será aspirada. A luz emitida pelo aparelho liquefaz o tecido adiposo, o que permite que ele seja mais facilmente retirado pela cânula de lipoaspiração, que entra em seguida.

Vantagens da lipoaspiração a laser

– O laser age fotocoagulando os vasos, o que significa que a técnica tem sangramento reduzido;

– Segundo a literatura médica, o laser faz uma retração tecidual, o que reduz a flacidez da região corporal operada;

– O tempo de cirurgia e, consequentemente, a necessidade de anestesia são menores;

– A recuperação é mais rápida, uma vez que o sangramento é menor e a cirurgia é mais rápida;

– O pós-operatório é menos doloroso.

Lipo a laser dói?

Segundo Alderson Pacheco, a maioria dos pacientes da lipo com laser apresenta dor menor do que as pessoas que optam pela cirurgia tradicional. Isso acontece porque a cirurgia é mais rápida e com menos sangramento.

Contraindicações

Segundo Alderson Pacheco, pacientes que tenham a camada de gordura muito pequena podem mais facilmente ter queimadura de pele.

O procedimento também é contraindicado para pessoas que tenham feito bioplastia, injetando substâncias como o PMMA e o hidrogel. Nesses casos, o calor pode destruir as substâncias anteriormente aplicadas, fazendo com que as células macrófagos as metabolizem e consequentemente gerem uma grave inflamação. “Em situações como essa, pode haver necrose do tecido, pois o corpo tenta eliminar esses produtos”, explica o cirurgião.

Antes de depois da lipoaspiração a laser

Como a lipo tradicional, a lipo a laser pode reduzir de 5% a 7% da gordura corporal. É preciso que o inchaço na região operada diminua para que seja possível ver os resultados, o que pode demorar alguns meses.

Riscos

Além dos riscos de uma lipoaspiração tradicional, como infecção, formação de trombos na corrente sanguínea, alterações na pele da região operada e insatisfação com os resultados, há risco de queimadura da pele.

Para minimizar os riscos, o ideal é procurar um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Preço

Por se tratar de uma cirurgia, os preços variam de acordo com os honorários da equipe médica e custos hospitalares, mas, em média, o procedimento em uma região corporal custa de R$ 2.000 a R$ 7.000.

Fonte: Da Redação com Bola de Mulher

Beleza e Moda