Beleza e Moda

Estudo: sair sem make é mais estressante que ir para uma entrevista

Atualizado em: 19/03/2012

Talvez exista uma explicação para o fato de as mulheres dedicarem horas em frente ao espelho carichando na maquiagem. Segundo uma pesquisa para oVitality Show, para muitas mulheres, ir para o trabalho sem make pode ser mais estressante do que falar em público, ir para uma entrevista de emprego ou até ir para um primeiro encontro. As informações são do Daily Mail.

A pesquisa foi feita com 3 mil mulheres e concluiu que mais da metade delas se sente confiante para ser vista pelos amigos, família ou parceiro sem maquiagem, mas 70% disseram que não gostariam de serem vistas por seus colegas de trabalho ou chefes sem o cabelo arrumado e com a “cara lavada”.

A pesquisa aponta que as mulheres geralmente devem levantar da cama meia hora antes de seus colegas do sexo masculino para conseguirem se arrumar, gastando uma média de 21 minutos cada manhã aplicando a make para o dia de trabalho.

Cerca de 91% disseram que cancelariam um primeiro encontro se não pudessem se arrumar e 31% não iria para a academia sem maquiagem. Surpreendentemente, uma em cada seis mulheres não atenderiam um chamado da campainha de casa sem algo no rosto.

Segundo a maquiadora Sarah-Jane Froom, existe a suposição dentro de algumas empresas para as mulheres de que boa aparência equivale a fazer um bom trabalho. “No ano passado, um estudo descobriu que uma em cada três mulheres chefes usam produtos de forma exagerada.”

A psicóloga Celia Bibby disse que muitas mulheres sentem que há um estigma associado à não usar maquiagem e que seus empregadores podem discriminá-las se não aparecerem “embonecadas” no escritório. “Estudos descobriram que mulheres que usam maquiagem são vistas como mais competentes, simpáticas e confiáveis para os empregadores”, detalhou.

Terra

Beleza e Moda