Beleza e Moda

Em Paris, fashionistas se mobilizam para apoiar a moda ucraniana

Atualizado em: 05/03/2014

nn_1

A turma fashion fez uma pausa entre os desfiles na tarde dessa terça-feira (04.03) para uma parada especial no Fashion Scout Showroom, no Marais, onde estilistas ucranianos mostravam suas coleções.

Por lá, personalidades como Anna Wintour e Patrick Demarchelier foram demonstrar seu apoio aos jovens criadores que, apesar da delicada situação política do seu país, se mostravam superpositivos em relação ao futuro. “Minha loja em Kiev está fechada e eu quase não consegui terminar a coleção porque o transporte na cidade era impossível. Mas deu tudo certo e agora estamos aqui, animados com o que vem por aí”, contou a jovem Yasya Minochkina, formada pela Central Saint Martins e um dos nomes participantes do Vogue Talents, da Vogue Itália, que despertou interesse das compradoras do Net-a-Porter.

“Sempre trabalhei com bastante brilho, mas nesta estação resolvi colocar uma camada de organza por cima para esconder um pouco. Não sei se é um reflexo da situação atual, mas é verdade que neste momento não há muito brilho no meu país. Minha coleção é sobretudo inspirada em Charlotte Rampling, numa intensa história de amor”, contou outra jovem estilista, Anna Oktober, parada ao lado de uma impressão com os dizeres “I <3 UA”, que abriu um sorriso no rosto quando falou “amor” e não disfarçou a empolgação ao contar que a Colette e o time do Dover Street Market demonstraram interesse em sua coleção.

Consagrando o clima de descontração, as t-shirts da linha Fashion Circus, da designerAnna K, arrancavam risadas graças às frases divertidas que dialogam com o universo da moda, como “Im not a blogger” ou “Im on the list”. (VITÓRIA GUIMARÃES, de Paris)

 

Fonte: Vogue

Beleza e Moda