Dicas de como escolher corretamente uma gravata

Novo tipo de gonorreia que “pode matar em questão de dias”
9 de maio de 2013
Tendência em acessórios: a febre das hand bracelets
9 de maio de 2013

Dicas de como escolher corretamente uma gravata

Gravatas estão sempre presentes nos trajes sociais para homens, sendo item obrigatório para profissionais de algumas áreas. Os modelos de gravatas podem ser muito diferentes entre si, mas de acordo com as tendências atuais, a peça deve ter entre 7 e 7,5 centímetros de largura na ponta. Você pode escolher um modelo liso ou estampado, sendo mais comuns atualmente, as peças que tenham xadrez ou motivos bem pequenos. Veja outras dicas para comprar o modelo ideal.

Modelos de gravata: dicas para escolher

A sugestão para escolher modelos de gravata é combinar com a camisa; se esta for branca, o leque de opções é maior e você pode usar qualquer cor. O mesmo vale para as camisas azuis, se forem mais claras. Já as camisas quadriculadas, podem combinar com gravatas de tonalidades neutras como o branco ou com o azul e são ideais para situações de formalidade. Quanto a camisas listradas, observe as cores das listras e a distância entre elas e escolha um modelo que combine tanto com a tonalidade da camisa, quanto com a distância de uma listra e outra.

Para quem fica em dúvida sobre como escolher a melhor gravata, outra dica é adequar o modelo ao evento ou ambiente em que for trajar o acessório. Para usar no trabalho, a gravata pode ter cores mais neutras e para algumas profissões como os advogados, que sempre usam o terno, recomendam-se as tonalidades escuras como o azul marinho ou o preto. Em encontros de trabalho, como jantares, por exemplo, indicam-se as gravatas de cor grafite, marrom, azul e variações de vermelho mais escuro. Já para ocasiões sociais como um casamento, os modelos prateados podem combinar com o traje do noivo.

Gravatas: como escolher corretamente

As dicas para escolher gravatas também incluem os tecidos. O pano mais indicado para uma gravata de qualidade é a seda, que além de ser mais durável, é mais delicada e tem brilho. Mas você pode recorrer também às gravatas de lã ou de outros tecidos como o poliéster. Nesse último caso, convém ser cuidadoso com a lavagem, pois o material é mais frágil e a gravata pode ficar com bolinhas e soltar fios mais facilmente.

Mundo das Tribos

Dani Rabelo
Jornalista do WSCOM Online, sócia e editora-chefe do Portal Mulher de Fato, cantora nas horas vagas, tagarela, observadora, carioca da gema e pessoense de coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *