Beleza e Moda

Confira os principais erros na aplicação do corretivo

Atualizado em: 11/12/2012

make

A maquiagem é muito simples, mas quando você erra a mão em alguns de seus ingredientes ela pode se tornar o pesadelo de qualquer pessoa. Dentre todos os itens que a mesma possui, o uso do corretivo  é o mais equivocado e o erro mais comum é a escolha da cor que as mulheres escolhem para cada problema ou para cada tonalidade de pele. O resultado é uma make sobrecarregada, pesada e que não permite que você ouse em quase nada mais. Sendo assim, veja abaixo os maiores problemas da pele e qual o tipo de corretivo que você deverá aplicar, evitando assim que a cor acabe com a sua make.

Como usar o corretivo de forma correta

– Espinhas: por possuírem um aspecto avermelhado, a melhor opção para cobertura completa é o verde;

– Olheiras: a maioria das olheiras possui a coloração azulada e sendo assim, a cor coral é indicada para saná-las. Para quem sofre com olheiras puxadas para o tom marrom ou até mesmo o lilás, o tom amarelo do corretivo é o mais indicado. Para saber qual é o seu tipo de olheira é muito simples: passe o corretivo amarelo pela extensão das mesmas. Se o resultado final ficar do mesmo tom da sua pele é porque sua olheira é da cor marrom ou lilás. Se observar que ficou verde, é porque sua olheira é azulada;

– Manchas de sol ou manchas de gravidez: quando as manchas tiverem cor alaranjada, o tom ideal é o azulado. Se as manchas forem marrons, o amarelo é sua melhor opção;

– Cicatrizes: se a sua cicatriz for decorrente de uma espinha e tiver cor marrom, sua opção então será o corretivo amarelo. Já se a mesma for na coloração branca, deverá passar o corretivo no tom coral;

– Manchas de micose ou vitiligo: para repor a pigmentação alaranjada da pele, o indicado é que você use o corretivo coral.

Mundo das Tribos
 

Beleza e Moda