Beleza e Moda

Como usar mini saia para dar um toque sensual ao look

Atualizado em: 12/06/2015

mini-saia-como-usar

De crochê, jeans, com pregas ou bandagem, há sempre uma mini saia ideal para combinar com o seu estilo

 

Desde que foi criada por Mary Quant em Londres nos anos 1960, a mini saia não saiu mais do guarda-roupa feminino. A peça transmite feminilidade, sensualidade e a personalidade que sua dona escolher.

Diferente das saias longas e midi, que exigem combinações mais específicas e truques para não ter o look achatado, a mini saia é muito mais fácil de usar.

Democrática, ela vai do dia à noite, do casual ao sofisticado e pode aparecer em uma variação incrível de tecidos e materiais.

Ainda assim, há formas de aproveitar cada tipo de mini saia da melhor forma para seu corpo, para seu estilo, para a ocasião em que você pretende usá-la e em todas as estações do ano! Confira.

Mini saia jeans

Foto: Reprodução / Blog da Thássia | Glam4You | Just Lia

Saia jeans é uma das peças mais versáteis do guarda-roupa, podendo ir da praia à balada. A forma de usá-la depende do seu bom senso e da ocasião.

“Hoje a moda vive um momento mais confortável e as padronagens amplas estão mais em alta”, diz a consultora de moda Carol Coelho.

“Outra dica importante é equilibrar o look. Se vai usar uma minissaia, evite blusas muito decotadas, coladas ou transparentes. Assim você evita que o look fique exagerado”, complementa a consultora de imagem Renata Brasil.

Nos pés, cada sapato dá uma cara diferente para o look. Rasteirinhas deixam o visual mais casual e descontraído, tênis e slippers também chamam pela descontração e estilo, sapatilhas te deixam mais romântica e sandálias e sapatos de salto são ideais para sair à noite.

Mini saia bordada

Foto: Reprodução / Glam4You | Super Vaidosa | Just Lia

Saias bordadas por si só chamam atenção, sendo ótimas opções para aqueles dias em que você quer arrasar no look.

“As bordadas são mais sofisticadas, podem ser usadas para uma balada ou festa à noite. Para compor o look coloque uma camisa de seda ou blusa lisa. Esta dica vale também para as saias com tecido em paetês, pedrarias, pérolas ou mix de bordados”, afirma Renata Brasil.

Mini saia de crochê

Foto: Reprodução / Blog da Mariah | I Heart Fame | Blog da Mariah

Peças de crochê podem tanto dar um ar retrô quanto moderno e despojado ao look. Mas é preciso ficar atenta ao volume que esse tecido dá à silhueta.

“A dica para esta tendência é sempre equilibrar as proporções, para que o seu visual não fique carregado e nem desfavoreça o seu corpo. Se optar por usar peças mais soltas e volumosas em cima, tente compor o look com peças mais justas na parte de baixo”, ensina a consultora Renata Brasil.

Mulheres curvilíneas não precisam ter medo de usar saias de crochê e tecidos encorpados. “Como o tecido é mais grosso e tem muita textura, certamente ela pode dar a impressão de aumentar o quadril, mas aí é só escolher um corte que te favoreça, como por exemplo saia lápis, que vai dar uma alongada”, é a dica da consultora Carol Coelho.

Mini saia estampada

Foto: Reprodução / Super Vaidosa | Blog da Thássia | Glam4You

A mini saia estampada pode ser polêmica: dependendo do desenho, pode ser incrível para o look como também pode deixá-lo completamente sem sincronia, então é sempre preciso tomar cuidado com a estampa e as combinações escolhidas.

“Estampas podem aumentar ou diminuir o quadril, depende do tamanho. Aquele floral miudinho acaba aumentando muito mais do que uma estampa média, que é a mais democrática. Não tem regra para dia ou noite, mas estampas como chevron e poás e são super elegantes e nos acompanham perfeitamente em situações mais chiques”, afirma Carol Coelho.

Mini saia godê ou com pregas

Foto: Reprodução / Super Vaidosa | Glam4You | Blog da Mariah

“Saia godê ou em A não aumenta o quadril tanto quanto uma saia sino (aquela que tem um babado na barra), e pode até ser uma boa opção para equilibrar o quadril com o resto do corpo”, diz a consultora Carol Coelho.

“É um corte elegante e atemporal, favorece quadris largos. Já as pregas criam volume e são mais arriscadas para quem está acima do peso ou tem quadril largo. A dica para ser feliz e usar mesmo assim é colocar uma peça mais elaborada na parte de cima, como uma camisa com bordado, um maxi colar, um batom forte, etc”, ela completa.

Mini saia bandagem

Foto: Reprodução / Sensible Stylista | Flattery | Anjo Ekoh

A modelagem estilo bandagem é difícil de usar por marcar muito a silhueta, exaltando todas as curvas e podendo deixar o look exagerado se usada com muito decote, salto alto ou brilho.

A dica é tentar deixar o visual mais casual e harmonioso com tênis, sapatos baixos e blusas soltinhas. “As saias nesse estilo podem ser usadas com camisas de tecidos leves, tops mais simples e sem grandes detalhes, porque o tecido bandagem é bem marcante”, alerta Carol Coelho.

Mini saia de cintura alta

Foto: Reprodução / Blog da Mariah | Le Blog de Betty | Glam4You

As saias de cintura alta, por outro lado, caem bem em todo tipo de corpo e podem ser usadas tanto com peças mais justinhas ou mais larguinhas na parte de cima. Dependendo da blusa e do sapato que você escolher, “o estilo será diferente em cada situação. O top cropped é a melhor companhia para a cintura alta e faz um look super atual e moderno. Em ambientes de trabalho, prefira usar com camisas”, explica a consultora de moda.

Mini saia para cada tipo de corpo

Reprodução/Substance

A consultora de imagem Renata Brasil dá as dicas para arrasar com mini saias em seu tipo de corpo:

  • Baixinhas: se a intenção é alongar a silhueta, as mais justas são os melhores amigas. Aposte em: Mini saias clássicas, na linha natural da cintura e de preferência com lavagens escuras.
  • Quadril largo: para disfarçar a região, pense em tons e lavagens escuras e peças com stretch. Aposte em: Mini saias com cós um pouco baixo, a fim de dar espaço para acomodar o bumbum.
  • Sem bumbum: para dar volume à região pense em mini saias com o cós bem baixo. Aposte em: Mini saias com detalhes nos bolsos de trás e saltos altos, que ajudam a projetar o bumbum para cima.
  • Barriguinha: se o objetivo é tirar o foco da barriga, pense em mini saias nem tão altas nem tão baixas – o suficiente para cobrir a área. Aposte em: mini saias um pouco abaixo da linha natural da cintura ou com stretch, que sustentem a barriga sem marcar, e blusinhas mais soltinhas.

 

Fonte: Da Redação com Dicas de Mulher

Beleza e Moda