Beleza e Moda

Calcinha bege é item obrigatório no armário

Atualizado em: 19/04/2013

calcinha-bege-1

A lingerie bege é uma polêmica peça do guarda-roupa. Os homens odeiam. Já as mulheres não conseguem viver sem ela. A consultora de moda Bia Kawazaki explicou por que essa calcinha bege é tão essencial.

1 – A calcinha bege é ótima, porque não marca na roupa branca. Mas não é qualquer lingerie bege. É aquela sem costura e, de preferência, fio dental.

2 – Se você vai usar uma calça branca, aposte na legging bege de compressão. Essa peça não marca na roupa e ainda evita que a celulite e as gordurinhas fiquem expostas.

3 – Se você vai usar uma saia mais longa ou bermuda branca, aposte na bermudinha bege de compressão. Quando for usar um short, use o shortinho bege por baixo.

4 – A calcinha bege já foi foco de piada. No entanto, as pesquisas de mercado provam que ela é a cor de lingerie mais vendida no mundo.

5 – Para o dia a dia, a maior aliada da mulher é a calcinha bege. Além de não marcar, é fácil de combinar com a roupa. A mulher se sente mal se sabe que a lingerie que está usando não está combinando com a roupa que escolheu.

6 — Quando você vai usar roupas transparentes ou rendadas, a minha sugestão é usar uma camisete com sustentação na região das mamas por baixo da blusa. No dia a dia, esse é um ótimo truque, pois disfarça o decote. A camisete deve ser da mesma cor da blusa ou uma cor bem próxima da pele. Se a intenção for se destacar, aposte em uma camisete de uma cor totalmente oposta à da blusa.

7 – Quando a transparência for na saia, a escolha da lingerie é uma questão de bom senso. O conselho de Bia é que, se você for apostar no vestido cortina, prefira usar uma saia mais curta por baixo da roupa do que fazer como as famosas e só usar uma hot pant.

Montagem R7/AgNews/Divulgação/Reprodução

R7

Beleza e Moda