Beleza e Moda

Bem amarrado: malha amarrada na cintura é o truque de styling da vez

Atualizado em: 19/03/2014

aga

Até outro dia, amarrar um suéter na cintura só significava duas coisas: desleixo e colégio. Não havia outra desculpa para marcar o corpo com uma faixa de tecido volumosa arrematada por um nó frontal, senão uma certa preguiça de apoiá-la sobre os ombros, no melhor estilo dândi. A imagem que sempre toma minha cabeça quando penso no assunto é a hora do recreio, quando as crianças correm no pátio da escola, sentem calor e decidem amarrar o moletom do uniforme na cintura para deixar as mãozinhas livres.

Mas isso foi ontem. Hoje, depois que as grifes mais vanguardistas do globo resolveram transformar o mais preguiçoso recurso da cartilha do vestir em truque de styling, vale a pena começar a praticar a arte do nó perfeito. Na Céline, por exemplo, uma malha canelada amarela foi amarrada meio que de qualquer jeito sobre um dos muitos tops alongados da coleção. “A mulher Céline ficou mais intrigante nesta temporada, abraçando um estilo meio reggae inspired”, teoriza Jo-AnnFurniss, editora do Style.com. Já na Chanel, cashmeres de cores fofas como jade e rosa-chiclete arrematavam o visual “estudante de arte” proposto por Lagerfeld – além da peça na cintura, outra enfeitava também os ombros, reforçando que o layering de amarrações está com tudo.

 

Fonte: Vogue

Beleza e Moda