Beleza e Moda

Backstage pass: o top 5 dos bastidores de Londres por Fabiana Gomes, da M.A.C

Atualizado em: 19/02/2014

pola-s-3

#1. Raw skin
Quando até Londres, que é a meca da ‘chutação de balde’, vai pro caminho da naturalidade plena, significa! Significa que pele natural, não, mas pele crua é uma tendência sacramentada. Imitar a natureza e apenas enfatizar características, como uma bochecha corada aqui e uma sombrinha natural ali, é uma das máximas desta temporada.

#2: Delineadores intrincados
Os traços já não são mais os mesmos… Fora de qualquer padrão de certo e errado, eles são paralelos, coloridos, vários – são qualquer coisa, exceto óbvios.

# 3. Explosões de brilho
Se você não tem um pote de glitter, então você está por fora dos ditames da beleza contemporânea. Não sabe como usar? Tanto melhor. Quanto mais imperfeita e menos calculada a forma, mais atual! Como combinar? É tipo um whisky cowboy – use puro!

#4. Em Londres só se fala…
… do vento e da chuva. Um dos assuntos da semana foi o vôo que trazia dez modelos de Nova York e acabou aterrissando na Irlanda! O avião deu voltas e voltas sobre Londres e não conseguiu pousar. Não havia trens nem outros vôos disponíveis. Resultado? € 6 mil gastos com táxi!

#5. Mundo da m(u)oda
Aqui estão os jornalistas, editoras e trabalhadores das modas em geral mais ‘pra frente’ do mundo! São simplesmente maravilhosos e não mostram compromisso algum com a aceitação da torcida. Liberdade é a palavra de ordem e esta é a maior tendência em Londres.

 

Ps. A música mais legal até agora, na qual todo mundo pirou, rolou no desfile da Mary Katrantzou, neste domingo (16.02): No Paizei To Transitor, de Marinella. (FABIANA GOMES, de Londres)

 

Fonte: Vogue

Beleza e Moda