Beleza e Moda

Andreia Chaves: conheça a shoe designer brasileira

Atualizado em: 29/10/2012

sapatos_andreia_vg120104

Você provavelmente já tenha visto o Invisible shoe em alguns sites e blogs de streetstyle, mas talvez não saiba que o modelo todo espelhado e geométrico como um prisma seja criação de uma brasileira, a designer Andreia Chaves, que transformou a paixão por sapatos em profissão depois de decidir estudar moda no Polimoda Fashion Institute, em Firenze. Já antes da sua formatura, em 2010, um dos seus desenhos chamou a atenção de Nicola Formichetti, atual diretor criativo da Mugler e stylist-amigo de Lady Gaga, que sugeriu que Andreia desenhasse alguns modelos para a cantora. Na época, Andreia estava a mil com o trabalho de conclusão de curso, e os planos tiveram que ser adiados.

Foi aí que, pouquíssimo tempo depois, Andreia recebeu a notícia de que outra cantora, Björk, havia comprado um dos seus sapatos. Para melhorar, ela levou a novidade para um ensaio que faria para a Dazed & Confused e acabou sendo fotografada usando a criação da brasileira no editorial. “Tudo aconteceu muito naturalmente, as pessoas acabaram me encontrando pela internet. Nunca tive uma assessoria de imprensa”, conta a designer, que “foi encontrada” não só por famosas, mas também por lojas internacionais (na China e no Kuwait) interessadas em revender seus sapatos de design apurado handmade in Italy.

Mas grande parte da clientela de Andreia, que não trabalha com coleções, mas sim modelos fixos que podem ganhar novas cores de couro e dos metais, por exemplo, são mulheres apaixonadas por sapatos que encomendam seus modelos diretamente à estilista. “As pessoas encontram meu contato no site, escrevem e aí mandamos uma fichinha pedindo detalhes, não só do tamanho do pé, mas formato e algumas outros especificações para fazer com que o sapato se encaixe nos pés dela da melhor maneira possível”, explica ela, que garante a entrega do pacote em casa em até três semanas.

Depois do Invisible shoe, a aposta são as três versões da linha Goldsculpt, bem mais femininos que o que conquistou Bjork, feitos de couro de cordeiro ou cabra com estrutura em ouro 24k que envolve a lateral dos pés num desenho delicado e elegante  – esse foi parar nos pés de outra cantora, Mýa. A escolha dos materiais e o processo artesanal de confecção na Itália fazem com que um modelo de Andreia não saia por menos de 1.800 euros (cerca de R$ 4.700). Mas, pode ser que em breve uma coleção assinada pela designer em parceria com alguma marca nacional facilite o acesso; algumas conversas já foram iniciadas.

As duas versões do Invisible shoe, que leva uma estrutura de náilon

Daphne Guinness (na Zoo Magazine) e Björk (na Dazed & Confused) com os Invisible shoes

Vogue

Beleza e Moda