Beleza e Moda

A diferença entre mechas californianas, luzes e ombré

Atualizado em: 18/10/2012

loiras

Não é preciso radicalizar como a cantora pop Miley Cyrus, que platinou e raspou parte dos cabelos, para deixar o visual repaginado. Às vezes, uma leve clareada nos fios pode iluminar o rosto e fazer uma diferença e tanto no look.

As opções para mudar são várias. Você pode clarear mechas fininhas desde a raiz, descolorir as pontas, deixas metade dos fios um tom acima do natural… O difícil é decidir. Por isso, o cabeleireiro Renato Castor, da Rede Record, explica como funcionam os principais procedimentos para clarear as madeixas sem platiná-las completamente:

Californianas

Enquanto a base dos cabelos permanece igual e nada muda na raiz, as pontas ficam loiras. Não é preciso aplicar tintura, apenas descolorante, e a altura da descoloração pode variar. Um bom exemplo é o cabelo de Sabrina Sato, antes da gata ficar completamente loira.

Ombré

Assim como nas californianas, a raiz continua escura e as pontas clareiam, só que bem menos do que na primeira opção. No ombré, o descolorante fica menos tempo nos fios para que as pontas fiquem em um tom mais próximo do natural. O resultado é efeito semelhante ao cabelo “queimado” de sol. É o caso de Fernanda Lima, que já tem as madeixas claras e deixou as pontas mais loirinhas.

Luzes

Nesse caso, o clareamento começa na raiz. Pode ser feito com touca ou papel e os cabelos ficam mais loiros do que com ombré ou californianas. As desvantagem em relação às demais alternativas é que a raiz denuncia a falta de retoques. Quem usa as luzes para deixar as madeixas mais claras é a bela Juju Salimeni.

Ombré invertido

Essa moda ainda não ganhou as ruas, mas promete. Ao contrário do ombré tradicional, no invertido a raiz é mais clara e as pontas mais escuras. E você não precisa ter o trabalho de descolorir as madeixas e voltar só as pontas para a cor natural. Se seus cabelos forem castanhos, vale tingir só as pontas de preto. A apresentadora americana Cat Deeley é loira, mas deixou as pontas em um tom médio.

Como cuidar?

Renato avisa que a descoloração tira todo o pigmento do cabelo e não deixa de ser uma agressão ao fio. Portanto, não adianta manter os cuidados de sempre se agora seus cabelos são descoloridos. É preciso fazer hidratação toda semana e usar bons produtos nas madeixas. Não precisa comprar shampoos e condicionadores de linhas profissionais se esse mimo para os fios não couber no orçamento, mas fique atenta às embalagens e procure produtos sem sal.

Como voltar à cor natural?

Ao contrário das tinturas, que desbotam com o tempo, a descoloração não se “perde” durante as lavagens. Portanto, pense bem antes de fazer aquelas maravilhosas luzes platinadas da sua celebridade favorita. Para recuperar a cor natural, será necessário tingir algumas vezes com tons diferentes. A cor desbotará com o tempo, e os danos típicos de cabelos descoloridos permanecerão.

R7

Beleza e Moda