Beleza e Moda

6 práticas que detonam os cabelos tingidos

Atualizado em: 02/06/2015

mulher-cabelo-loiro

Nós sabemos que depois de gastar seu tempo e dinheiro para chegar ao tom ideal, seria uma pena arruinar todo o esforço ao botar os pés para fora do salão de beleza. Então, revise seus hábitos capilares e fique atenta a esta lista de sete erros para quem tem cabelos tingidos:

1. Água
Enquanto o shampoo tem sido considerado uma das principais causas do desbotamento prematuro das tinturas de cabelo, somente a água sozinha já pode ser responsabilizada por estragar a sua tintura. “A água enche as fibras capilares e abre as cutículas dos fios permitindo que as moléculas de colorante solúveis em água escapem”, explica Diane Minar, profissional no salão de beleza Nexxus New York, em Nova York. Se o cabelo estiver ressecado, o efeito de desbotamento causado pela água pode ser ainda pior, pois, como as cutículas capilares já estão abertas, a água vai penetrar ainda mais facilmente. Para evitar esse tipo de problema, Diane indica aplicar nos fios um primer capilar antes da lavagem. Esse produto vai selar os fios e evitar que água penetre profundamente causando desbotamento.

2.Produtos oleosos
Embora pareça contraditório, alguns óleos e séruns para hidratação e brilho podem ter o efeito inverso. Isso porque, esses produtinhos que nós adoramos, muitas vezes contêm ingredientes como silicones que revestem a camada de cutícula externa do cabelo e “alguns tipos de silicones podem se acumular no cabelo”, explica Minar. “Quando o produto se acumula, ele pode atrair sujeira e partículas do ar e tudo isso pode deixar seu cabelo pesado e opaco. O mais sensato é maneirar no uso de produtos oleosos para evitar uma sobrecarga de partículas nos fios”.

 

3. Agressão 
“Ser agressivo com cabelo é muito ruim para a coloração”, diz Kevin Mancuso, cabeleireiro e colorista de Nova York. Penteá-los forte e constantemente ou deixar os fios presos o dia todo em um rabo de cavalo apertado pode danificar a estrutura capilar, já frágil devido à tinta. Para evitar que os fios se tornem quebradiços, Mancuso indica usar um leave-in nos fios molhados para que a escova de deslise mais facilmente.

4. Calor 
Secador, chapinha, modelador de cachos… quanto mais calor impomos aos fios coloridos mais danos causamos às cutículas capilares e, como já vimos antes, uma vez danificadas, elas ficam mais suscetíveis à penetração de água e ao acúmulo de resíduos. Por isso, “se o objetivo é manter os fios lisos ou modelados com um brilho natural, o uso de um protetor térmico é mais do que essencial”.

5. Esquecer as pontas 
Pense nisso: a ponta do cabelo é a parte do fio que está passando por processos químicos há mais tempo, o que significa que elas têm que suportar a maior parte dos danos. Assim, as extremidades tornam-se mais frágeis e danificadas (por isso que, normalmente, as pontas não têm a mesma cor viva e brilhante que o resto do seu cabelo), merecendo cuidados especiais. Para tratá-las com carinho, Mancuso recomenda aparar os fios no máximo a cada 12 semanas e dependendo da saúde dos fios e do comprimento, fazer hidratações com um selante capilar para evitar pontas duplas.

6. Nunca usar condicionador
A dupla shampoo e condicionador não é vilã do desbotamento. Assim, deixar de lado o uso de condicionador não muda grande coisa. Independente da sua cor ou da textura do seu cabelo, o condicionador é importante para hidratar e dar brilho aos fios – além de fortalece-los. “Se o cabelo está ressecado, recomendo ainda, no lugar do condicionador utilizar regularmente uma máscara de hidratação”, diz Mancuso.

7. Raios UV

Os raios de sol podem levar à quebra da matriz dos fios, que, como já sabemos, resulta em uma longa lista de coisas ruins como cabelos secos, quebradiços, sem brilho e desbotados. Infelizmente, nem todos os produtos oferecem uma versão com proteção solar. Por isso, Mancuso indica aderir ao uso de chapéus em dias de muito sol quando o seu produto preferido não te proteger contra os UV. E, não esquecer de aplicar ao menos uma leve camada de leave-in com proteção solar nas pontas dos fios – sempre mais propensas às agressões externas.

Fonte: Da Redação com MdeMulher

Beleza e Moda