Artes

Cinco exposições ficam em cartaz até o próximo domingo na Estação Cabo Branco

Atualizado em: 23/04/2014

PÁSCOA-530x260

Cinco exposições estão em cartaz na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano, até o próximo domingo (27). O público pode conferir as exposições Ilhas de Páscoa, Entre Páginas, 100 anos sem medo, Brasilidade e a Mostra Am-bientes, de terça a sexta-feira, das 9h às 21h, e sábados e domingos, das 10h até 21h. Não é cobrada nenhuma taxa para visitar as exposições.

No primeiro pavimento da Torre Mirante, o visitante poderá prestigiar a exposição ‘Ilha de Páscoa: umbigo do mundo’, uma série de imagens e painéis, trabalho da fotojornalista Kênia Ribeiro, que conta um pouco sobre a história do local. A exposição é uma parceria da Estação Cabo Branco com a Escola de Filosofia Nova Acrópole, de João Pessoa.

A Ilha de Páscoa é geograficamente o ponto mais isolado em todo planeta e conhecida como a terra dos “Moais”, onde o visitante encontra esculturas colossais moldadas com rochas vulcânicas, consideradas um dos mais inexplicáveis mistérios da Terra. Contam os habitantes da Ilha que os Moais teriam sido erguidos e levados aos seus altares por meio de uma força mágica, chamada Mana, e que, por meio de um ritual, passava a habitar também as estátuas.

No mesmo pavimento o público poderá conferir a exposição coletiva ‘Entre Páginas’, alusiva a Semana Nacional dos Quadrinhos, que acontece todos os anos na Estação Cabo Branco. São cartoons, charges e ilustrações de quadrinistas conhecidos no cenário local, nacional e internacional.

Dando mais uma caminhada, o visitante irá conhecer a exposição ‘100 anos sem medo’, alusivos ao centenário do ex-governador do Estado da Paraíba, Pedro Gondim. São painéis e quadros com fotografias que contam a história e a vida do político, que nasceu em Alagoa Grande (PB). A exposição integra a série de comemorações de 100 anos de Pedro Gondim.

Segundo pavimento – Na Torre Mirante, porém no segundo pavimento, está exposto o trabalho coletivo “Brasilidade”, com obras em patchwork e quilt. A mostra reúne obras de arte que remetem ao tema “brasilidade à flor da pele”, nas quais são utilizadas as cores verde, amarela, azul e branca. “A ideia de desafiar os grandes artistas do segmento a produzir obras com as cores da bandeira surgiu a partir dos movimentos sociais ocorridos em 2013 e da proximidade da Copa do Mundo no Brasil”, comentou a idealizadora Rosangela da Rocha.

Também está em cartaz, até o dia 27 de abril, a mostra Ambi-entes. O trabalho é uma coletiva com obras de concluintes da disciplina Projeto II do curso de Artes Visuais da UFPB, sob curadoria da artista Maria Helena Magalhães.
Serviço:

Exposições: Ilhas de Páscoa, Entre Páginas, 100 anos sem medo, Brasilidade e a Mostra Am-bientes.

Local: Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes – Altiplano

Informações: 3214. 8303 ou 3214.8270

www.joaopessoa.pb.gov.br/estacaocabobranco

Twitter: @estacaocb

Face: https://www.facebook.com/estacao.cabobranco

Fonte: Assessoria

Artes