Artes

Brasileiro é vencedor de “Nobel” da literatura infantojuvenil

Atualizado em: 24/03/2014

nobel

O brasiliense Roger Mello venceu a edição 2014 do prêmio Hans Christian Andersen, o mais importante da literatura infantil, na categoria ilustrador. Mello já havia sido indicado outras duas vezes para o chamado “Nobel da literatura infantil”, sem levar nada para casa. É a primeira vez que o Hans Christian Andersen é concedido a um ilustrador da América Latina.

O anúncio foi feito  segunda-feira(24) durante a Feira do Livro de Bolonha, na Itália, que homenageia o Brasil este ano. Segundo o júri do prêmio, o ilustrador oferece caminhos para a exploração da história e da cultura do Brasil. “Ele não subestima a habilidade de uma criança em reconhecer e decodificar fenômenos culturais e imagens”, diz a avaliação. Entre os livros de Mello, que também escreve muitos dos títulos que ilustra, estão Meninos do Mangue, Carvoeirinhos e João por um Fio, todos publicados pela Companhia das Letrinhas, selo infantil da Companhia das Letras.

nobel2                      nobel1          nobel3

Na categoria escritor do Hans Christian Andersen, venceu a japonesa Nahoko Uehashi, lembrada pelo júri por sua doçura, sua habilidade de criar novos mundos fantásticos e seu respeito pela natureza e por todas as criaturas. O prêmio será entregue aos vencedores em setembro, no International Board on Books for Young People (Ibby), na Cidade do México.

O Brasil já havia vencido o Hans Christian Andersen duas vezes com as escritoras Lygia Bojunga (1982) e Ana Maria Machado (2000).
Fonte:Veja abril

 

Artes